Vamos

Se costuma deitar fora o líquido do iogurte sólido deixe de o fazer

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 1 ano atrás em 27-05-2023

O iogurte é um dos alimentos mais completos que temos à disposição e provavelmente não sabíamos. 

PUBLICIDADE

No entanto, coloca-se sempre uma questão quando se abre um iogurte sólido: “Devo ou não deitar fora o líquido que se acumula no topo?”. Ao longo deste artigo vamos explicar-lhe porque não deve deitar fora.

A composição nutricional do iogurte pode variar muito, nomeadamente no teor de gordura, no teor de açúcar e no de proteína, fatores que influenciam diretamente o seu valor energético e nutricional. “Com efeito, o iogurte é um tipo específico de leite fermentado que se obtém através da fermentação do leite. A fermentação ocorre através da ação das bactérias Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus termophilus, que convertem ao açúcar do leite (lactose) em ácido lático, baixando o ph do iogurte”, explica a nutricionista Rita Lima.

PUBLICIDADE

Tendo em conta a quantidade de gordura e açúcar, os iogurtes poderão ser melhores ou menos bons para a nossa saúde, sendo que os iogurtes do tipo grego são os que apresentam um valor energético mais elevado e os batidos são os que, por norma, apresentam maior teor de açúcar.

Como tal, a melhor opção são os iogurtes naturais ou de aromas sem adição de açúcar, com baixo teor de gordura, pode ler-se neste artigo.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A nível de micronutrientes, no geral, os iogurtes são uma boa fonte de cálcio, fosforo e vitaminas do complexo B, essencialmente B2, vitamina A e D, refere Rita Lima.

Dentro dos benefícios do iogurte, destacam-se:

Sistema imunitário e saúde óssea: A ação imunomoduladora do iogurte deve-se, na maior parte, à ação dos probióticos (bactérias benéficas para o organismo humano) , que ajudam a neutralizar a inflamação e a reforçar o sistema imunitário. Devido ao teor de vitaminas e minerais que fornece, em particular de cálcio, o iogurte ajuda no fortalecimento dos ossos e dentes.

Doenças intestinais: Devido à ação dos probióticos, que equilibram a flora intestinal e neutralizam a ação de outros agentes patogénicos, o iogurte ajuda na prevenção de doenças intestinais, em particular doença de crohn, síndrome do intestino irritável e cancro do cólon.

Apetite: Ajudam na regulação do apetite ao longo do dia, podendo auxiliar em programas de perda de peso. Auxilia também na construção de massa muscular, sendo importante em contextos desportivos e também de perda de peso.

Não deve deitar fora o líquido do iogurte sólido e o motivo está no leite que tem dois tipos diferentes de proteínas: a caseína (cerca de 80% das proteínas do leite) e a proteína do soro, vulgarmente designada por Whey.

“No leite não se distingue a caseína da proteína do soro, mas quando se adicionam as bactérias responsáveis para formar o iogurte, estas bactérias fermentam a lactose (açúcar do leite) e produzem ácido lático que faz solidificar as proteínas de caseína. Pelo contrário, as proteínas do soro do leite, por outro lado, não solidificam e ficam em forma de líquido. Posteriormente, e devido aos movimentos de transporte e a oscilações de temperatura, o líquido tende a desassociar-se das paredes do iogurte, em particular nas embalagens de plástico”, prossegue a profissional.

Portanto, se costuma deitar fora o líquido do iogurte, saiba que não se trata apenas de água. Está a perder esta proteína, micronutrientes (vitaminas do complexo B que não se encontram na porção sólida do iogurte) e, consequentemente, diversos benefícios para a saúde.

Caso pratique desporto ou pretenda aumentar a massa muscular, esta proteína presente no líquido do iogurte revela-se como a mais eficaz, por isso, não a desperdice.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE