Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Coimbra

Santos não liberta pecador

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 16-03-2015

Santos Cabral, Juíz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), decidiu que o ex-primeiro ministro José Sócrates deve continuar detido.

PUBLICIDADE

Recordamos que facto de Santos Cabral ter sido relator  deste “habeas corpus”, anos depois de ter sido demitido por Alberto Costa (durante um dos governos de José Sócrates) do cargo de Director Nacional da Polícia Judiciária, provocou diversos comentários negativos e positivos nas redes sociais.

Santos Cabral, que tinha sido convidado por Aguiar Branco (Governo de Santana Lopes), esteve presente na última semana, na Fundação Bissaya Barreto, numa sessão sobre o segredo de justiça e liberdade de imprensa, evento presidido por este ex-ministro da Justiça que agora tutela a Defesa.

Este Juíz Conselheiro da 3.ª Secção Criminal do STJ é conhecido em Coimbra pela sua dedicação à Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol e Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra, com quem actuou durante o último fim de semana.

Santos Cabral, 65 anos, é natural de Peniche e reside em Coimbra, onde se licenciou pela Faculdade de Direito da Universidade (1973).

Foi Delegado do Procurador da República, Juiz de Direito, Juiz auxiliar no Tribunal da Relação do Porto e no Tribunal da Relação de Coimbra, Inspector Judicial, Chefe de Gabinete do Secretário de Estado Adjunto da Justiça (1998/1999) e Director Nacional da Policia Judiciária.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com