Conecte-se connosco

Região

Santana Lopes diz que “Lisboa anda distraída” (com vídeos)

Publicado

em

Pedro Santana Lopes disse hoje que está “preocupado” com a forma como está a ser feita a reorganização administrativa do Estado, deixando um apelo a que se “tenha muita seriedade” no processo. Na sessão solene do Dia da Cidade da Figueira da Foz, que decorreu esta manhã no Centro de Artes e Espetáculos, o autarca afirmou que “Lisboa anda distraída” e teceu grandes elogios à Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIMRC).

“Não gosto muito de falar em preocupação, mas preocupa-me. Isto não é uma crítica, é um apelo a que se trate com muita seriedade este processo de reorganização administrativa do Estado”, afirmou em declarações ao Notícias de Coimbra, no final da cerimónia. 

“Lisboa é distraída há muito tempo e continua distraída. Lisboa conhece sempre mal a realidade do resto do país”, sublinhou Pedro Santana Lopes falando da demonstração de “eficácia e competência” das Comunidades Intermunicipais nomeadamente da da Região de Coimbra. “O país discute uma possível descentralização e até uma possível regionalização até a extinção dos serviços desconcentrados. É um desafio enormíssimo e não pode ser tratado com ligeireza por ninguém, nomeadamente ao nível da administração central”, alertou. 

A intervenção de Pedro Santana Lopes seguiu-se à do presidente da CIM RC, Emílio Torrão, que destacou o trabalho que tem sido desenvolvido no concelho. “Sente-se uma Figueira mais leve, mais determinada e mais eufórica”, sublinhou o responsável dizendo que é isso que é preciso para tornar a Figueira um pólo de atração turística. “A Figueira é muito importante para a Região de Coimbra”, acrescentou. 

A Câmara da Figueira da Foz distinguiu esta sexta-feira, no Dia do Município, várias personalidades do concelho e os funcionários da autarquia e das Águas da Figueira que se aposentaram, numa cerimónia emotiva e de homenagens. 

Com a Medalha da Cidade foi homenageado o empresário local Fernando Lopes Cardoso, a antiga deputada socialista Teresa Coimbra e a antiga vereadora do PS Natércia Crisanto (a título póstumo). Também a título póstumo, com a Medalha de Mérito Comercial em prata dourada, foi distinguido o empresário Américo Alexandre Nogueira. O padre Carlos Augusto Noronha Lopes, pároco de Buarcos há quase 50 anos, foi agraciado com a Medalha de Mérito Social em prata dourada, tal como o coronel Fernando Góis Moço, ex-presidente da Junta de Freguesia de São Julião. O escultor Mário Nunes recebeu a Medalha de Mérito Cultural em prata dourada.

O município homenageou ainda o ex-diretor administrativo e financeiro da autarquia, Vítor Pereira, que recebe o diploma de reconhecimento, e os funcionários aposentados com medalhas de bons serviços.

Os festejos de São João incluem também a vertente religiosa, com a celebração de missa e procissão com a imagem do santo e a tradicional bênção do mar, a partir das 16:00.

Veja a entrevista NDC a Pedro Santana Lopes:

 

Veja a intervenção de Pedro Santana Lopes, na sessão solene:

Veja a intervenção de Emílio Torrão, presidente da CIM RC:

Veja um momento musical pelos alunos do Conservatório David de Sousa: 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link