Conecte-se connosco

Coimbra

Sanfil instala Aplicação inovadora em Pacemaker. Solução inédita em Portugal! (com vídeos)

Publicado

em

Uma equipa de especialistas da Sanfil instalou, pela primeira vez em Portugal, uma aplicação inovadora no pacemaker de uma doente.

A doente e a cardiologista Natália Antónia

Notícias de Coimbra falou em exclusivo com a médica e com a paciente, que se mostraram bastantes satisfeitas com esta grande novidade

A doente sofria de sincopes recorrentes, por momentos, havia pausas significativas no ritmo cardíaco e perdia a consciência, uma situação, que, de certa forma, colocava em risco a vida da paciente, explica Natália Antónia, cardiologista responsável pela intervenção.

A médica sublinha que este tipo de patologias é muito frequente, sobretudo com o envelhecimento da população. A solução é a implantação de um pacemaker definitivo, que foi o que esta doente fez.

O que há aqui de particular é a possibilidade de fazer uma monitorização remota, que em vez de utilizar os transmissores convencionais, vai utilizar o telemóvel da própria doente, facilitando a sua autonomia e mobilidade.

Onde quer que se encontre, a doente consegue estar em contato com a sua clínica e com o seu cardiologista, sublinha Natália Antónia.

Para quem está habituado a usar novas tecnologias, esta é uma aplicação que oferece ao doente “ferramentas de educação” e informação útil, que vão desde a monitorização da atividade física ou ao estado da bateria do pacemaker.

Natália Antónia frisa que esta aplicação faz com que o doente participe de forma ativa no seguimento do seu dispositivo e na promoção da sua saúde.


A paciente (que prefere não ser identificada), referiu a NDC que se sente melhor que há um ano, altura em que teve dois episódios, um em maio E outro em junho, em que subitamente desmaiou.

Depois de ter feito alguns testes, os médicos descobriram que o seu coração não batia sempre ao mesmo ritmo, que durante o dia havia dois momentos, às 10:00 e 19:00,  em “que basicamente o ritmo das batidas do meu coração descia para metade, o que fazia com que eu tivesse desmaios”.

Vejo a App pelo menos uma vez por dia, algumas vezes várias por dia, não só para ver o pacemaker, mas também para verificar se as transmissões automáticas para a medica são enviadas, e também para meu controlo de saúde, onde vejo os passos que dei, testemunha a doente.

Estou muito feliz com este novo pacemaker e esta cirurgia, acrescentou, visivelmente satisfeita e feliz.


A pioneira aplicação pode ser usada por todos os tipos de pessoas com este tipo de problemas, desde que não sejam info-excluídos.

A Sanfil assegura que tem meios e profissionais para aplicar esta inovadora aplicação nos pacemakers dos doentes que desejem ter uma melhor qualidade de vida.

Esta é uma aplicação de futuro, eu espero que, apesar desta aplicação ser uma novidade e este ser o exemplo do primeiro caso a ser implantado em Portugal, eu espero que no futuro possa ser oferecido a mais doentes,  conclui a Natália Antónia.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com