Conecte-se connosco

Política

Rui Rio desafiado a aprender tricô em Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

A arruada do PSD esteve esta sexta-feira em Coimbra com o presidente do partido, Rui Rio, a ser desafiado a aprender tricô. Ausência muito notada foi a de José Manuel Silva, autarca da cidade. 

Foi “uma onda laranja” que invadiu a Baixa de Coimbra, notou a cabeça de lista Mónica Quintela ao NDC. Apesar de ter o PSD a liderar a megacoligação que o levou ao poder, José Manuel Silva, não acompanhou o presidente do partido, nem desceu a escadaria dos Paços do Concelho, ponto de encontro dos militantes, para o cumprimentar. “Nem sei, não lhe perguntei sobre isso”, afirmou Rui Rio, quando questionado sobre esta ausência.

O que também não sabe é fazer tricô mas já tem quem o ensine. Na loja Tricots Brancal, a gerente Maria da Natividade Oliveira lançou o repto, com novelos de lã azuis na mão e explicando que há muitos homens a aprender a arte. “Se calhar, para quando estiver lá sentado na Assembleia da República…”, respondeu Rui Rio. “Sempre é melhor do que dormir”, comentou a comerciante em jeito de brincadeira. “E o narizinho está melhor?”, perguntou, por causa do sangramento nasal que o obrigou a ausentar-se momentaneamente da campanha na quinta-feira. “Está melhor, aparentemente”, disse o líder laranja. “Então está pronto para a outra”, atirou ainda. “Não estou, não”, retorquiu prontamente.

Rio, que enfrentou um mar de gente, de atropelos e encontrões, entre a Praça 8 de Maio e a da Canção, esteve sempre de braço dado com Mónica Quintela. Ao lado seguiu Salvador Malheiro, autarca de Ovar. Raúl Almeida, de Mira, Álvaro Coimbra, de Penacova, e Jorge Custódio, da Pampilhosa da Serra, foram outros dos presidentes de câmara presentes.

Para desinfetar as mãos a militante Graça Oliveira foi distribuindo “um gel anti Costa” juntamente com lápis de carvão, que são mais sustentáveis, do que as habituais canetas.

Rui Rio ainda entrou na Imprensa Nacional Casa da Moeda para comprar um euro comemorativo dos 20 anos da União Económica e Monetária, com um simbolismo especial: “foi a última moeda que eu comprei antes de ganhar as eleições em 2022”, disse.

Na cervejaria Almedina demorou-se um pouco mais e até à Portagem foi cumprimentando os comerciantes e acenando a quem veio à janela.

Veja o direto NDC com a arruada:

Veja as declarações de Rui Rio ao NDC:

Veja o direto NDC com Mónica Quintela, cabeça de lista por Coimbra: 

Mais vídeos no Facebook do Notícias de Coimbra.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link