Conecte-se connosco

Politécnico

Rui Mendes participa no seminário “Contributos dos Politécnicos para o Desenvolvimento do País”,

Publicado

em

Rui Mendes, Presidente da ESEC, participou hoje, na qualidade de membro do Conselho Geral do IPC, no Seminário “Contributos dos Politécnicos para o Desenvolvimento do País”, organizado pelos Presidentes dos Conselhos Gerais dos Institutos Politécnicos, que decorreu hoje em Lisboa.

unnamed-6

O evento contou com a presença de João Palmeiro, presidente do Conselho Geral do Politécnico de Coimbra  e do Presidente da República, Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

O seminário ocorreu no âmbito das comemorações dos 40 anos da Constituição da República Portuguesa, e no quadro da posição pública dos presidentes destes órgãos de gestão de todas as instituições politécnicas portuguesas, no que respeita à possibilidade de concessão de doutoramentos pelos politécnicos e à designação destas instituições no estrangeiro.

Discutiu-se a diversidade, no ensino superior em Portugal, que melhor serve o desenvolvimento socioeconómico do país.

Foram discutidas as tendências do sistema binário português, as sobreposições de oferta formativa entre universidades e politécnicos, assim como os caminhos de futuro que se apresentam ao sistema de ensino superior português: diversidade ou hierarquização.

Pedro Lourtie, presidente do Conselho Geral do IP de Leiria salientou na divulgação do encontro que «Os conselhos gerais pretendem, acima de tudo, por a discussão na ordem do dia, questionar e debater qual a melhor solução para o país. Na nossa perspetiva a diversidade precisa de ser questionada, não como um fim em si, mas como um instrumento ao serviço do desenvolvimento».

Pedro Lourtie explicou que «A realidade com que nos confrontamos é a de um sistema em que a diferenciação se faz sobretudo pela possibilidade legal de concessão do doutoramento e pelo acesso a determinados financiamentos, além da questão da designação, que internacionalmente não tem correspondência, não é entendida, e penaliza os politécnicos portugueses, seja na captação de estudantes estrangeiros, seja na integração em consórcios, entre outras situações».

Com a moderação de Manuela de Melo, presidente do Conselho Geral do Politécnico do Porto, o desenvolvimento dos politécnicos foi discutido numa mesa redonda com Eduardo Marçal Grilo (antigo ministro da Educação), João Duarte Silva (membro do Conselho de Administração da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior), Joaquim Morão (antigo autarca de Castelo Branco), e Jorge Santos (NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria),

O seminário foi encerrado por Daniel Proença de Carvalho, presidente do Conselho Geral do Politécnico de Castelo Branco e representante dos presidentes dos CG dos Politécnicos.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com