Conecte-se connosco

Crimes

Rouba internet ao vizinho para ver pornografia

Publicado

em

Um homem, em Águeda, foi condenado por roubar internet ao vizinho para ver pornografia infantil.

De acordo com o Correio da Manhã, o dono do contrato foi constituído arguido pelos crimes em 2018, já que havia indicações de que teriam sido cometidos vários crimes de pornografia de menores naquela morada. As buscas da Polícia Judiciária (PJ) acabaram, no entanto, por não identificar nada de ilícito nesta casa, onde vivia um casal com dois filhos menores.

Terá sido o próprio dono do contrato de internet que indicou à PJ, durante o interrogatório, que o vizinho do andar abaixo era “viciado” em internet. Surgiu assim nova investigação, que revelou que o vizinho se tinha apoderado da palavra chave do serviço wi-fi do suspeito inicial e que tinha cometido os crimes.

Foi condenado em 2020 a uma pena de prisão suspensa de três anos e um mês por pornografia de menores agravada. Segundo o jornal, mais recentemente o Tribunal Cível de Águeda condenou-o a pagar uma indemnização de 10 mil euros ao vizinho, valor que foi agora reduzido para 8 mil, após recurso do arguido.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com