Política

Rita Costa lidera candidatura da CDU à Câmara de Tábua

Notícias de Coimbra com Lusa | 3 anos atrás em 17-06-2021

A militante do PCP Rita Costa, ativista pelo direito à saúde das populações, é a candidata da CDU à Câmara Municipal de Tábua nas eleições autárquicas do próximo outono.

PUBLICIDADE

Natural de Ázere, na atual União de Freguesias de Ázere e Covelo, concelho de Tábua, onde residiu “durante muitos anos”, a candidata, de 39 anos, “é uma profunda conhecedora dos problemas e quer um outro rumo” para este município do distrito de Coimbra.

A Coligação Democrática Unitária defende, em comunicado, um projeto “em que se faça obra, em que se prometa apenas o que se pode cumprir, o que não tem acontecido nestes últimos oito anos”.

PUBLICIDADE

“Lutamos pela defesa do serviço público, enquanto elemento condutor da gestão autárquica, e pela valorização dos trabalhadores das autarquias e das suas condições de trabalho”, declarou hoje à agência Lusa Rita Costa, funcionária administrativa de uma empresa do setor elétrico.

A candidata preconizou “uma maior participação da população nas decisões importantes” para o concelho, a par da necessidade de Tábua “deixar de ser um dos concelhos do país onde a população mais paga pelo consumo de água de uso doméstico”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“A nossa candidatura quer uma intervenção urgente no combate à poluição ambiental causada pelo deficiente funcionamento das estações de tratamento de águas residuais (ETAR)”, acrescentou.

Sem representação no executivo, mas com uma eleita na Assembleia Municipal, na sequência das eleições de 2017, a CDU aposta “numa defesa efetiva da preservação ambiental, valorizando o património cultural e os recursos locais”.

“As ETAR no concelho de Tábua continuam com problemas graves”, já que “não têm capacidade para receber os esgotos normais”, sendo “frequentes os maus cheiros e os transbordos para as zonas confinantes”, disse.

A candidata à presidência da Câmara lamentou que os efluentes “continuem a poluir tudo à sua volta”, comprometendo “a saúde pública de quem se serve da água” captada na barragem da Aguieira.

“Estive envolvida muito tempo no Movimento dos Utentes dos Serviços Públicos (MUSP). E aí destaco a luta pelo Hospital dos Covões, em Coimbra, e também contra o encerramento do serviço de urgência do Centro de Saúde de Tábua”, recordou.

A coligação pretende “reforçar a votação verificada nos dois último atos autárquicos e eleger pela primeira vez um vereador” para a Câmara, liderada pelo independente Mário Loureiro, eleito pelo PS nos dois últimos mandatos e que não se recandidata ao cargo.

Além de Rita Costa (CDU), também o vice-presidente da Câmara, Ricardo Cruz (PS), e o empresário Fernando Tavares Pereira (PSD) anunciaram as respetivas candidaturas à presidência da autarquia, cujo atual executivo integra quatro eleitos do PS e três do PSD.

A vila de Tábua é sede de um município com 11 freguesias que, em 2011, tinha cerca de 12 mil habitantes.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE