Conecte-se connosco

Coimbra

Restaurante Jardim da Manga continua a presentear Coimbra com as maravilhas da gastronomia portuguesa

Publicado

em

O Restaurante Jardim da Manga, inaugurado em 1977 por Francisco Almeida, ou Sr. Chico, como era conhecido por todos em Coimbra, continua de portas abertas em regime de take away e entregas ao domicílio, agora com a gerência dos dois filhos.

Devido ao estado de emergência,  serve refeições apenas durante a hora de almoço “abrimos a sala ao meio dia para servir apenas e exclusivamente as pessoas que fizeram encomenda, em regime de take away, as pessoas aguardam cá fora e depois levam a comida, ou fazemos as encomendas através da entrega em casa, de resto a sala está encerrada”, disse Francisco Almeida, um dos filhos.

O restaurante especializado em gastronomia portuguesa, mantém-se “fiel às suas raízes”. E por isso, na ementa que oferecia no período anterior à pandemia,  continuam a estar presentes os “pratos preferidos da clientela”, estando entre eles o cozido à portuguesa,  bacalhau com broa, bacalhau à Zé do Pipo e ainda a chafanna, como enunciou o dono do restaurante.

O proprietário acrescentou ainda que as encomendas podem ser feitas através do contacto telefónico, pelas redes sociais, nomeadamente pelo Facebook e Instagram, pelo site ALista – uma plataforma que facilita o serviço de entregas ao domicílio e por último através do serviço Uber Eats.

Francisco Almeida que gere o restaurante em parceria com o irmão, garante que têm sido cumpridas todas as normas impostas pela Direção Geral da Saúde, no contexto da crise sanitária que vivemos.

“Nesta área não devemos pensar só em nós, não podemos ser egoístas, temos que pensar nos outros, já que a área de restauração envolve muita gente, muitas famílias e isso é um dos factores que devemos ter em conta”, sublinhou o dono do restaurante.

O gerente realçou a importância da proximidade com o cliente e assumiu que essa é uma das coisas da qual ele e toda a equipa do restaurante sentem mais falta.

“Um cliente não é apenas um cliente é um ser humano, é uma pessoa, e quando vêm à nossa casa nós genuinamente conversamos com as pessoas e não nos limitamos a ouvir, nós escutamos. Nós gostamos de acarinhar, de criar uma empatia, uma conexão com os nossos clientes”, acrescentou.

“Pela primeira vez vamos estar abertos no proximo dia 28 de Fevereiro, ao domingo na hora de jantar, apenas com o serviço de entregas em casa, vamos experimentar. É arriscado, mas temos que agora gastar todos os cartuchos possíveis, temos que tentar de tudo para ver se o castelo não cai”, terminou Francisco Almeida com este convite.

Veja o víde Direto NDC:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com