Conecte-se connosco

Região

Região de Coimbra quer reforçar “internacionalização das empresas para projetar o território” na China (com vídeos)

Publicado

em

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM) e a Câmara de Comércio de Pequenas e Médias Empresas Portugal-China (CPC-PME) assinaram, esta quarta-feira, um protocolo de cooperação. O documento, assinado ao final desta manhã, em Condeixa-a-Nova, contempla uma cooperação bilateral relacionada com a criação de oportunidades de negócio e com a promoção da internacionalização das empresas da Região de Coimbra, tendo em vista a promoção da projeção internacional da região.

Para o presidente da CIM a Câmara de Comércio de Pequenas e Médias Empresas Portugal-China é fundamental para a realização de negócios entre as PME de Portugal e China, para facilitar as relações comerciais entre as empresas dos dois países, bem como impulsionar as exportações e os negócios dos empresários locais”.
Emílio Torrão reforça que a assinatura deste protocolo é mais um passo rumo ao patamar de crescimento e inovação que a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra ambiciona.

A Câmara de Comércio de Pequenas e Médias Empresas Portugal-China é uma estrutura muito recente, tem cerca de dois anos e representa a vontade de muitos empresários chineses em poderem abrir portas para o investimento em Portugal. Y Ping Chow, presidente desta estrutura de negócios, realçou, ainda,  a dificuldade que os empresários portugueses podem ter no acesso à China, porque são necessárias muitas viagens o que implica um grande investimento financeiro. E é aqui que esta estrutura pode ajudar, com a criação de uma “loja âncora” em Macau para os empresários da Região de Coimbra mostrarem os seus produtos.

Já o anfitrião da cerimónia, Nuno Moita, presidente da Câmara de Condeixa, frisou que “o acordo assinado é de extrema importância para a Região”.

Com a celebração deste protocolo, a CIM Região de Coimbra reforça as suas parcerias na área da capacitação, do empreendedorismo, do desenvolvimento e competitividade empresarial e da dinamização de redes, nomeadamente com uma entidade relevante no âmbito do fomento e dinamização das relações económicas e comerciais entre empresas e instituições de ambos os países, numa base de interesse mútuo.

O protocolo contempla, ainda, a difusão e intercâmbio regular de informação sobre as atividades desenvolvidas por ambas instituições bem como sobre programas e iniciativas que possam contribuir para o reforço da cooperação, através da manutenção atualizada de uma carteira de oportunidades existentes; do apoio à organização, promoção, divulgação e participação mútua em Feiras e Mostras, Conferências Temáticas bilaterais e ações de transferência de tecnologia/bolsas de contacto empresariais em áreas de interesse de acordo com a especialização produtiva da região; da participação em missões externas conjuntas cujos objetivos se enquadrem no presente Protocolo de colaboração; colaboração em ações que configurem oportunidades de penetração em mercados externos; apoio ao desenvolvimento de projetos inovadores conjuntos de cooperação.

A Câmara de Comércio PME Portugal-China foi formalmente constituída a 7 de Maio de 2020, no Cartório Notarial de Condeixa-a-Nova e tem como destinatárias as Pequenas e Médias Empresas interessadas em exportar e importar de e para a China, e tem sede na vila de Condeixa, num espaço cedido pelo Município, e delegações em Lisboa e no Porto.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade