Conecte-se connosco

Empreendedorismo

 Região de Coimbra Empreende + na Pampilhosa da Serra

Publicado

em

Decorreu, ontem, no Auditório Municipal da Pampilhosa da Serra, o workshop Empreende +, dinamizado pela CIM Região de Coimbra em parceria com o Instituto Pedro Nunes. Trata-se de um projeto de incentivo ao empreendedorismo qualificado e criativo, que através de apoio qualificado visa a transformação de ideias em negócios. 

Na sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, Jorge Custódio, voltou a manifestar que “o que traz verdadeiramente riqueza ao concelho é a criação de empresas, a criação líquida de postos de trabalho e a circulação da economia local, que também é precisa”. 

Nesse sentido, segundo explicou, o programa “Empreende+”, apoiará a capacitação “sobretudo dos jovens”, dando-lhes “mecanismos para eles próprios serem empreendedores e atores dinamizadores da criação do seu próprio posto de trabalho”. À parte deste programa, o Presidente da Câmara Municipal anunciou ainda que está em marcha a construção de um regulamento municipal de apoio à criação de postos de trabalho e ao empreendedorismo. 

Dirigindo-se aos 12 participantes deste workshop, Jorge Custódio, vincou o compromisso por parte da Câmara Municipal em ajudar a contribuir para o sucesso e concretização de eventuais ideias de negócio. “O sucesso de todos vós, se conseguirem concretizar as vossas ideias, também será o nosso sucesso”, acrescentou. 

 

Recorde-se que entre objetivos específicos do “Região de Coimbra Empreende+”, estão o desenvolvimento de duas edições de um programa de estímulo e capacitação (Aceleração) para avaliação da viabilidade de implementação de 50 novas iniciativas empresariais nos 19 concelhos da CIM Região de Coimbra, com o mínimo de 15% de participação feminina.

 

Também são objetivos do programa a promoção de concursos de bolsas de apoio financeiro a empreendedores e o apoio à criação de 30 novas empresas de atividades intensivas de conhecimento/tecnologia e das indústrias culturais e criativas.

 

As melhores ideias e os melhores projetos serão premiados com bolsas de 700, 900 ou 1200€, em função do grau académico, por um período de 6 meses e habilitam-se a um prémio final de 5000€. 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link