Conecte-se connosco

Desporto

Recordista mundial dos 10 quilómetros em estrada suspenso por doping

Publicado

em

FOTO: Reprodução Facebook/ Rhonex Kipruto

O queniano Rhonex Kipruto, recordista mundial dos 10 quilómetros em estrada, foi suspenso provisoriamente pela Unidade de Integridade do Atletismo (AIU), por recurso a uma substância ou método proibido, informou hoje este organismo.

Kipruto, de 23 anos, estabeleceu o recorde do mundo dos 10 quilómetros com o tempo de 26.24 minutos, em 12 de janeiro de 2020, em Valência, depois de ter conquistado a medalha de prata nos 10.000 metros nos Mundiais disputados em Doha, em 2019.

Nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, disputados em 2021, foi nono na prova dos 10.000 metros, vencida pelo etíope Selemon Barega.

O queniano foi suspenso por “uso de uma substância ou método proibido”, detetado através do seu passaporte biológico, refere a AIU, sem mais detalhes.

O Quénia e os seus atletas de meio-fundo e fundo são responsáveis por inúmeros casos de doping nos últimos anos.

A AIU, responsável pelos testes e inquéritos antidoping no atletismo desde 2017, denunciou em abril último um sistema de dopagem de larga escala no país africano, “cada vez mais bem organizado”, com o “envolvimento de pessoas detentoras de experiência médica”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com