Portugal

Recebe pulseira verde e acaba morto horas depois

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 20-05-2024

Um homem de 57 anos morreu nas urgências, na sexta-feira, dia 17 de maio, aproximadamente sete horas após de lhe ter sido atribuída pulseira verde na triagem. O hospital de Viana do Castelo já abriu um processo inquérito para apurar as circunstâncias da morte.

PUBLICIDADE

De acordo com a família, Manuel Costa, deu entrada no hospital com uma dor no peito e o braço dormente. Na triagem foi-lhe atribuída uma pulseira verde, dada aos casos menos graves, e só foi atendido por volta das 15:30 quando caiu inanimado na sala de espera, avança o Jornal de Notícias.

Perto das 19 horas, o óbito foi comunicado à família.

PUBLICIDADE

O funeral aconteceu na tarde de domingo, 19 de maio, e contou com a presença de Eduardo Teixeira, deputado e vereador de Viana do Castelo.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE