Conecte-se connosco

Lazer

RAMPA.0 selecionou 13 jovens para espetáculo no Festival Abril Dança em Coimbra

Publicado

em

No sábado, realizou-se a audição do projeto RAMPA.0, numa articulação estratégica entre o Convento São Francisco (CSF), o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), o Teatrão e a Escola da Noite. A fase inicial deste projeto pioneiro em Coimbra, coordenada por uma reconhecida dupla no panorama da dança em Portugal: o coreógrafo Rui Horta e o bailarino Miguel Oliveira, permitiu a seleção de 13 jovens.

Este inédito projeto obteve um total de 51 inscrições, de jovens entre os 15 e os 25 anos, oriundos, na sua maioria, da região Centro, ligados a escolas de dança e a conservatórios. Esta entusiasta adesão permitiu ao coreógrafo Rui Horta e ao bailarino Miguel Oliveira ter um vasto leque de opções para selecionar os 13 jovens que vão, durante os próximos meses, ter formação e ensaios no Convento São Francisco. 

O mote foi lançado no início dos trabalhos da audição: “Divirtam-se. Vocês têm de ser a música. Vocês têm de ser a dança”, apelou Rui Horta. Os trabalhos decorreram de forma rigorosa e dançou-se muito ao longo do dia de sábado, na Black Box do CSF. 

Feitas as escolhas, que tiveram como base a qualidade do movimento, as nuances e os detalhes, importa revelar os pioneiros do RAMPA.0: Afonso Sousa (16 anos), Ana Beatriz Martins (15 anos), Ana Francisca dos Santos (17 anos), António Moreira (15 anos), Carolina Pereira (17 anos), David Castro (17 anos), Francisca Gouveia (18 anos), Inês Batarda (15 anos), Lucas Mariz (16 anos), Maria Clara Fidalgo (18 anos), Noeli Kikuchi (25 anos) e Susana Aymara Contreras (16 anos). Todos os selecionados têm um percurso de pelo menos cinco anos em aprendizagem na dança, quer em escolas particulares, quer em conservatório. 

O objetivo final deste processo é a apresentação, numa versão remontada e ampliada, da icónica peça “Einstein Dreams” (que Rui Horta criou para o Ballet da Ópera de Gotemburgo, em 2010) no âmbito da programação do Festival Abril Dança em Coimbra, a 21 de abril, no Grande Auditório do CSF. Ao longo dos próximos, os ensaios vão decorrer no Convento São Francisco e vão ter lugar dois dias por semana (quartas-feiras das 18h00 às 21h00; e sábados das 10h00 às 16h00), com um período mais intenso durante as férias da Páscoa e subsequente semana da estreia, segundo um calendário predefinido.

Recorde-se que este projeto de audição para bailarinos e intérpretes junta, pela primeira vez em Coimbra, quatro entidades – integradas na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) – que realizam uma programação cultural regular no concelho: CSF, TAGV, Teatrão e Escola da Noite.

RAMPA.0 é um projeto de continuidade, que pretende continuar a apostar nas áreas da criação e da formação em dança, capacitando jovens do concelho e da região, e criando-lhes oportunidades para experiências profissionais estimulantes e efetivamente transformadoras, sob a coordenação das mais reconhecidas figuras do universo coreográfico nacional. 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com