Conecte-se connosco

CHUC

Radioterapia do CHUC com novos aceleradores lineares 

Publicado

em

No dia em que se comemora o “Dia Mundial do Doente”, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) relembra a importância desta efeméride assinalando-a com a instalação do primeiro de dois aceleradores lineares no Serviço de Radioterapia do CHUC, o que em muito vai contribuir para a qualificação do acesso dos utentes aos cuidados de saúde. 

O Serviço de Radioterapia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra presta assistência aos doentes oncológicos da região centro desde há cerca de 20 anos. A radioterapia é uma metodologia de tratamento essencial, sendo utilizada em mais de metade dos casos de doentes com cancro, em algum momento da evolução da sua doença. Exige equipamentos dedicados, altamente sofisticados, com necessidade de modernização periódica, fruto da evolução tecnológica e do natural desgaste que ocorre com a sua utilização.

O Serviço de Radioterapia do CHUC trata diariamente cerca de uma centena de doentes, provenientes de toda a região centro, sendo assim responsável pelo tratamento de quase metade dos doentes oncológicos sujeitos a radioterapia na região centro.

Fruto da maior sensibilidade da população para a doença oncológica e da melhoria gradual das estratégias de diagnóstico e tratamento, o número de doentes oncológicos tratados no CHUC tem vindo a aumentar ao longo dos anos, sendo que em 2019, o ano anterior ao início da atual situação pandémica por Covid-19, foram tratados quase 1500 doentes e realizadas mais de 24 000 sessões de tratamento e 16 000 consultas.

O processo de aquisição de dois novos aceleradores e da remodelação da rede de informação oncológica do Serviço, iniciado em abril de 2020, através do lançamento de concurso público internacional, deu um passo muito importante, no passado dia 6 de fevereiro, com o início da instalação do primeiro dos dois aceleradores no Serviço de Radioterapia.

A aquisição de dois equipamentos TrueBeam, em conjunto com o acelerador TrueBeam já existente no Serviço desde 2016, irá permitir a todos os nossos doentes o acesso a tratamentos através das técnicas atualmente recomendadas, nomeadamente imagem guiada (IGRT), intensidade modulada (IMRT), arcoterapia com intensidade modulada (VMAT) e técnicas de sincronização com base no ciclo respiratório do doente, vindo assim potenciar a capacidade de tratamento instalada de acordo com os mais elevados padrões de qualidade técnica e científica. Um dos aceleradores integrará ainda a valência de Radiocirurgia, até ao momento inexistente neste Centro Hospitalar.

A excelência da prestação de cuidados ao doente oncológico é e será sempre o enfoque central da atuação de todos os profissionais do serviço de Radioterapia 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com