Conecte-se connosco

Coimbra

Quer visitar uma Estação de Tratamento de Água?

Publicado

em

No próximo domingo, 22 de março, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Água, a Águas do Mondego abre as portas da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Boavista a toda a população (mediante inscrição prévia através do email [email protected]), actividade que se insere na sua política de educação ambiental.  

ÁGUAS DO MONDEGO

Este “Dia Aberto” surge da parceria com a Universidade de Coimbra no âmbito da 17ª Semana Cultural da UC. O objetivo é explicar o ciclo urbano da água (Como chega a água à nossa torneira? Para onde vão as águas sujas?) e apelar à racionalização deste bem escasso que é a água.

A Águas do Mondego (AdM) é a  empresa responsável pela captação e tratamento de água e de águas residuais nos municípios de Ansião, Arganil, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Góis, Penacova, Penela, Leiria, Lousã, Miranda do Corvo, Mealhada, Vila Nova de Poiares, tem como missão fornecer água em qualidade e quantidade e garantir um correto tratamento do efluente destes concelhos,

Recordamos que água para fornecimento domiciliário é captada nos rios e está sujeita a um rigoroso tratamento físico e químico para excluir as bactérias que são prejudiciais para a saúde do Homem. Só depois de ser tratada é distribuída às populações. A água depois de captada no rio e é transportada através de condutas adutores para as estações de tratamento de água (ETA), onde se inicia um extenso tratamento. Após o tratamento, a água é conduzida para os reservatórios. Os reservatórios estão ligados a um conjunto de condutas, que conduzem a água até a torneira das nossas casas.

Na sua área de intervenção, a Águas do Mondego (sistema em “alta”) partilha a gestão da água com sistemas municipais (que dependem diretamente das autarquias), com exceção do município de Leiria, onde existem os SMAS – Serviços Municipalizados de Água e Saneamento – de Leiria, e do município de Coimbra, com a Águas de Coimbra, empresa municipal (sistemas em “baixa”). A distribuição dos reservatórios até à torneira é feita pelas entidades em “baixa”.

A Águas do Mondego abastece, neste momento, sete municípios do seu Sistema Multimunicipal, a saber, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Lousã, Mealhada, Miranda do Corvo, Penacova e Vila Nova de Poiares. Estes sete concelhos são servidos pelo Subsistema de Abastecimento de Água da Boavista (Coimbra, Condeixa-a-Nova, Lousã, Mealhada e Miranda do Corvo) e pelo Subsistema de Abastecimento de Água da Ronqueira (Penacova e Vila Nova Poiares), através de duas empreitadas, concluídas em 2010, que permitem abastecer com água em qualidade e quantidade mais 275 mil habitantes.

A Entidade Reguladora do Sector das Águas (ERSAR), atribuiu à Águas do Mondego, pelo segundo ano consecutivo, do selo de Qualidade Exemplar da água para consumo humano.

Sensibilizar as populações para a importância do uso racional e da preservação da água é o principal objetivo das atividades que serão desenvolvidas por ocasião do Dia Mundial da Água.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com