Economia

Quer receber um apoio de 750 euros? Veja como

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 2 meses atrás em 28-05-2024

As candidaturas ao “Cheque-Formação + Digital” estão abertas. A medida do Governo permite a todos os trabalhadores acederem a um apoio de até 750 euros para ações de formação em competências digitais.

PUBLICIDADE

Está integrada no Programa Emprego + Digital 2025 é financiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Primeiro, o que é o Cheque-Formação + Digital? “É um apoio disponibilizado pelo Governo, através do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), que pretende promover o desenvolvimento de competências digitais, estimulando a manutenção dos postos de trabalho, a progressão e a empregabilidade da população nacional”, explica a DECO PROteste.

PUBLICIDADE

Com esta medida, é possível reembolsar, com um apoio máximo de até 750 euros, os trabalhadores que realizem ações de formação em competências digitais à sua escolha, nomeadamente em áreas como cibersegurança ou análise de dados.

Qualquer trabalhador pode candidatar-se a receber este apoio, independentemente da natureza do seu vínculo de trabalho. O apoio pode ser usado para pagar ações de formação em áreas como: “ferramentas de produtividade e colaboração; comércio digital; cibersegurança e segurança informática; gestão de redes sociais; UX/UI design; análise de dados; business intelligence; linguagens de programação; robótica; CRM; sistemas de automação e indústria 4.0″, pode ler-se.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Cada candidato pode receber, no máximo, 750 euros por ano. São elegíveis despesas como os custos da inscrição, de frequência e de certificação, desde que tenham sido comprovadamente suportadas pelo candidato. Precisará, por isso, de apresentar uma fatura das despesas em seu nome.

As candidaturas só podem ser feitas através de formulário eletrónico, disponível no portal IEFP online onde também constará um tutorial em vídeo que ajuda a fazer as candidaturas, passo a passo. Para esclarecimento de dúvidas pode ainda contactar o IEFP através do telefone 300 010 001 ou 215 803 555.

Para se candidatar, precisará de reunir documentos como: “comprovativos de que não tem dívidas às Finanças nem à Segurança Social. A DECO PROteste explica como obter estes documentos. Pode, ainda, em alternativa, entregar uma declaração de autorização de consulta dessa informação pelo IEFP; declaração sob compromisso de honra do candidato; memória justificativa da necessidade da formação; declaração da entidade formadora, indicando as ações por iniciar ou aquelas que tenham sido iniciadas, mas não estejam concluídas ou declaração comprovativa de frequência de formação (ações concluídas) e documento bancário com o IBAN e que identifique o candidato como titular da conta bancária”, descreve a entidade.

Se a sua candidatura for aprovada, depois da conclusão da ação de formação receberá a totalidade do apoio, num único pagamento por transferência bancária. No entanto, terá de apresentar o certificado de qualificações ou o certificado de formação profissional, emitido pela respetiva entidade formadora que ministrou a formação, através da plataforma SIGO.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE