Economia

Quatro em 10 portugueses querem comprar uma viatura dentro de dois a três anos

Notícias de Coimbra com Lusa | 3 meses atrás em 25-01-2024

Quatro em cada 10 pessoas pretendem comprar uma viatura nos próximos dois a três anos, segundo o estudo “Consumer Insights – Tendências do consumidor português na aquisição e utilização de produtos e serviços automóveis”.

PUBLICIDADE

Segundo a análise, desenvolvida pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal, cinco em cada 10 pessoas querem uma viatura nova, 30% planeiam comprar uma semi-nova e 20% uma viatura usada.

No que se refere ao tipo de veículos, dos inquiridos que afirmaram querer comprar um veículo novo, 70% pretendem um elétrico ou híbrido.

PUBLICIDADE

publicidade

Por sua vez, entre os que querem um veículo semi-novo, 70% referiam optar por um elétrico ou híbrido.

Já 40% responderam querer escolher um elétrico ou híbrido no caso dos veículos usados.

PUBLICIDADE

O valor máximo que os inquiridos estão dispostos a pagar por um veículo elétrico fixou-se em 28.550 euros.

Quatro em cada 10 pessoas da geração X (entre os 40 e 60 anos) planeiam comprar uma viatura nos próximos dois a três anos, enquanto dois em cada 10 pretendem fazer a compra no prazo máximo de um ano.

A maioria (60%) das pessoas desta geração querem comprar uma viatura nova, 30% planeiam comprar uma semi-nova e 10% uma usada.

Entre os critérios de escolha da geração X está o preço e tecnologia, proximidade de concessionário/oficina e preço de manutenção.

O estudo concluiu ainda que 40% dos consumidores desta geração compram diretamente no ‘site’ do fabricante e 40% num concessionário.

No caso dos ‘millenials’ (25-40 anos), quatro em cada 10 pretendem comprar uma viatura nos próximos dois a três anos e um em 10 quer comprar no prazo de um ano.

Destes, 30% querem optar por uma viatura nova, 40% por uma semi-nova e 30% por um veículo usado.

Na hora de comprar, os ‘millenials’ valorizam o preço, eficiência energética e o preço de manutenção.

Mais de metade (60%) dos inquiridos desta geração compra diretamente no ‘site’ do fabricante, 30% num concessionário e 10% num retalhista ‘online’.

O ‘Consumer Insights’ apontou também um conjunto de recomendações ao setor, como o desenvolvimento de um modelo operativo centrado no cliente, investir na transformação de dados em conhecimento e explorar alianças estratégicas com diferentes parceiros.

Esta análise teve por base um inquérito, realizado entre 13 de novembro e 12 de dezembro, tendo sido registadas 6.048 respostas.

Neste âmbito, foram inquiridos, em Portugal, 5.432 clientes de concessões e 616 consumidores.

A maior parte dos inquiridos é do sexo masculino (68%) e está entre os 40 e os 60 anos (57%).

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE