Conecte-se connosco

Lazer

Qual é o concelho do interior com Festival do Bacalhau? Descubra aqui

Publicado

em

“Sobretudo nas zonas de fronteira, na raia seca, o bacalhau é rei e é sobretudo rei para os galegos. O bacalhau é um prato que é muito procurado, é muito solicitado nos nossos restaurantes e é, atrevo-me a dizer, o prato que está no ‘top 10’ dos galegos”, afirmou o presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, que falava na conferência de imprensa de apresentação do novo festival.

A Câmara de Chaves vai apostar no “Festival do Bacalhau”, entre 27 e 29 de maio, que conta com 60 restaurantes aderentes e quer atrair visitantes portugueses e espanhóis à cidade do Alto Tâmega, foi hoje anunciado.

O autarca explicou que se pretende atrair visitantes ao território, mas “com um piscar de olho muito específico para os amigos e irmãos galegos”.

Chaves, no norte do distrito de Vila Real, faz fronteira com Espanha e constituiu uma eurocidade com Verín, pertencente à comunidade autónoma da Galiza.

“O objetivo é o retomar da vida depois da pandemia”, frisou Nuno Vaz, que salientou que, nos últimos meses, se tem sentido uma “retoma acentuada” quer na restauração quer na hotelaria, em alguns casos com números “acima de 2019”.

O presidente salientou que, agora, se pretende “superar os resultados” de 2019, ano em que se registaram “cerca de 180 mil dormidas”.

Para o efeito, o município aposta no termalismo, no novo museu das Termas Romanas, em novos instrumentos como a rota da Estrada Nacional 2 (EN2) ou nos vários festivais, como, agora, o do Bacalhau ou a “Festa do Povos”, que em agosto faz uma viagem no tempo até à época romana.

“Para que possamos ter, durante mais tempo no território, mais turistas a poderem desfrutar de Chaves e dos concelhos vizinhos”, salientou.

Os cerca de 100 restaurantes que existem na cidade de Chaves foram convocados para a primeira edição deste festival, à qual aderiram 60 que, durante os três dias, servirão vários pratos confecionados à base de bacalhau, desde as entradas ao prato principal.

Quarenta restaurantes vão participar também num concurso gastronómico.

A iniciativa insere-se no evento “Fins de Semana Gastronómicos”, promovido pela Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Nuno Vaz disse que, em simultâneo, se pretendem promover outros produtos locais, como a batata, o presunto, azeite ou os vinhos.

A apresentação do festival estendeu-se ao restaurante Biclaque Trajano, junto à ponte romana, que abriu recentemente e onde o bacalhau é também um dos principais pratos na ementa.

“O bacalhau faz parte da mesa de todos os portugueses e, neste caso, não podia ser diferente principalmente porque estamos perto de Espanha e os espanhóis têm uma preferência ávida por bacalhau”, afirmou Ana Russo, daquele restaurante.

A responsável disse que os espanhóis são “clientes assíduos, que procuram coisas novas e diferentes e que estão sempre à vontade para experimentar o que a mesa portuguesa tem para lhes oferecer”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com