Conecte-se connosco

Crimes

Pulseira eletrónica para suspeito de agredir companheira em Leiria

Publicado

em

A GNR deteve um homem suspeito do crime de violência doméstica sobre a companheira, no concelho de Leiria, anunciou hoje esta força policial, adiantando que o arguido ficou proibido de se aproximar da alegada vítima mediante controlo por pulseira eletrónica.

Em comunicado, o Comando Territorial de Leiria informou que, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, deteve, na terça-feira, o homem, de 67 anos.

“No seguimento de diligências de investigação no âmbito de uma situação de violência, os militares da Guarda apuraram que o suspeito infligiu, de forma reiterada, agressões físicas e psicológicas à vítima, a sua companheira, de 64 anos, ameaçando-a, com recurso a arma branca”, referiu.

O arguido foi presente, no dia seguinte, ao Tribunal Judicial de Leiria, que determinou, como medidas de coação, a proibição de contactos e afastamento da residência, bem como a proibição de se aproximar num raio 500 metros controlado por pulseira eletrónica.

Fonte da GNR disse à Lusa que a detenção ocorreu na sequência de várias queixas da vítima.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade