Conecte-se connosco

Portugal

PSP deteve 169 condutores em sete dias de campanha europeia de fiscalização

Publicado

em

A PSP deteve 169 condutores, a maior por álcool e falta de carta de condução, durante os sete dias da campanha europeia de fiscalização realizada no âmbito do Dia Europeu Sem Uma Morte na Estrada, indicou hoje aquela polícia.

Num comunicado de balanço final da campanha europeia de fiscalização “ROADPOL Safety days”, à qual a Polícia de Segurança Pública se associou, esta força de segurança avança que realizou 578 operações e fiscalizou 17.696 viaturas entre 16 e 22 setembro.

Durante a campanha, cuja duração coincidiu com a Semana Europeia da Mobilidade, a PSP deteve 169 condutores, 65 das quais por condução sob a influência do álcool e 88 por falta de habilitação legal para conduzir, e detetou 1.918 viaturas em excesso de velocidade entre as 86.872 controladas por radar.

A polícia indica também que registou 5.755 infrações ao Código da Estrada, nomeadamente 395 por falta de inspeção, 96 por falta de seguro de responsabilidade civil, 225 por uso do telemóvel durante a condução e 99 por não utilização ou utilização incorreta do cinto de segurança.

A PSP dá também conta que, durante os sete dias da campanha, ocorreram 1.002 acidentes rodoviários, que resultaram em 18 feridos graves e 298 feridos ligeiros, correspondendo a um ligeiro aumento da sinistralidade rodoviária em comparação com o período homólogo do ano anterior.

A campanha teve o objetivo de fiscalizar as principais causas de sinistralidade e mortalidade rodoviárias na Europa, designadamente o excesso de velocidade, condução sob o efeito do álcool, uso do telemóvel ao volante, a realização de manobras perigosas e a não utilização dos cintos de segurança e sistemas de retenção.

A PSP aconselha que os condutores e peões respeitem as ordens dos agentes reguladores de trânsito, a sinalização luminosa, vertical e horizontal, e que tenham atenção ao comportamento dos utilizadores das vias com o intuito “de atingir o registo de zero mortes na estrada”.

A polícia apelou ainda para que se cumpram as regras do Código da Estrada e que se evitem comportamentos de risco ao volante, especialmente o uso do telemóvel ao volante, consumo de bebidas alcoólicas, respeito pelos limites de velocidade e utilização dos cintos de segurança e sistemas de retenção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link