Conecte-se connosco

Autárquicas

PSD devolve quase meio milhão de euros de subvenções das autárquicas

Publicado

em

O passivo do PSD fixou-se em 6,1 milhões de euros em 2020, menos 2,4 milhões de euros em relação a 2019, e o partido devolveu 469,3 mil euros em excesso de subvenção das autárquicas de 2013, foi hoje anunciado.

De acordo com um comunicado divulgado, referente ao relatório e contas do último ano, “o passivo do partido fixou-se em 6,1 milhões de euros no final de 2020, em resultado de uma redução de 2,4 milhões de euros face a 2019”, ano em que o passivo tinha ficado em 8,5 milhões de euros.

Já o ativo do PSD cresceu “no valor de 1,7 milhões de euros”. O partido regista “o valor de 20,7 milhões de euros de fundos patrimoniais, isto é, uma situação líquida financeira muito positiva”, enquanto os resultados líquidos consolidados “ascenderam ao valor positivo 854 mil euros”.

Também durante o último ano, o partido liderado por Rui Rio “devolveu integralmente o montante de 469,3 mil euros à Assembleia da República, decorrente do recebimento em excesso de subvenção das eleições autárquicas de 2013”, acrescenta a nota.

Em 2019 e 2020, o PSD devolveu “um total de 969,3 mil euros”, considerando que foi “um esforço significativo, mas absolutamente necessário”, uma vez que “estava em causa da devolução de dinheiro” dos contribuintes portugueses.

Já em relação à campanha para as eleições Regionais dos Açores, no ano passado, os sociais-democratas conseguiram “um resultado em linha com as estimativas financeiras que não impactaram materialmente as contas do partido”, ou seja, o resultado líquido da campanha “melhorou quase 200 mil euros face a 2016”.

O relatório e contas do partido do ano de 2020 foi submetido, para ratificação, ao Conselho Nacional do PSD, que se reúne na próxima sexta-feira, na Guarda.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com