Conecte-se connosco

Coimbra

PS de Coimbra contra aumento do preço dos bilhetes dos SMTUC

Publicado

em

Em comunicado enviado a Notícias de Coimbra, o Partido Socialista rejeita, veementemente, a pretensão de José Manuel Silva de aumentar os preços dos bilhetes dos SMTUC em 2023, num momento em que as famílias estão a passar por enormes dificuldades devido à inflação e agravamento das taxas de juro.

“Quando se esperava que o Executivo Municipal apresentasse um pacote de medidas de resposta aos efeitos da inflação, para apoiar famílias, associações e empresas, tal como muitas autarquias já fizeram, eis que somos surpreendidos por uma proposta de aumento dos preços dos bilhetes dos SMTUC para vigorar a partir de 2023”, lamenta o PS.

A proposta está agendada para a reunião de Câmara de 14 novembro e prevê um aumento de 6,11% nos preços dos bilhetes ocasionais dos SMTUC para vigorar a partir de 1 de janeiro de 2023. Esta medida implicará aumentos, por bilhete, entre 0,10€ e 0,35€, dependendo do tipo de título. Por exemplo, o bilhete de bordo, que custa atualmente 1,60€, passará a custar 1,70€. Um pack de 10 viagens, que custa atualmente 5,80€, passará a custar mais de 6€. Os passes sociais manter-se-ão inalterados, de acordo com a informação técnica que está agendada para a reunião.

O Partido Socialista recorda que “durante os 8 anos de governação da Câmara de Coimbra, nunca aumentou as tarifas da água e dos transportes públicos, que considera bens essenciais, e desceu o IMI até à taxa mínima legalmente possível. O atual executivo, liderado por José Manuel Silva, com pouco mais de um ano de mandato, já subiu este ano as tarifas de água e saneamento e prepara-se agora para aumentar os preços dos transportes para 2023. Veremos o que acontece com os impostos municipais até ao final do mandato!”.

A insensibilidade social do executivo de José Manuel Silva é arrepiante, prejudicando os mais vulneráveis com este tipo de políticas desesperadas por angariar receitas municipais. Esta medida não faz nenhum sentido, desincentivando o recurso ao transporte público como verdadeira alternativa ao transporte individual, numa altura em que Coimbra precisa, mais do que nunca, que as pessoas adiram ao transporte público, não só pelas questões ambientais, mas para aliviar a pressão do trânsito que se acumula na cidade devido às obras do sistema de mobilidade do Mondego, concluem os socialistas.

Neste contexto, o PS manifesta-se absolutamente contra qualquer aumento de preços das tarifas de transportes públicos, podendo mesmo o executivo de José Manuel Silva, caso insista neste tipo de medidas, colocar em causa a viabilização do Orçamento e GOP do Município para 2023.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com