Universidade

Proposta de instalação de um museu do espólio do antigo Mosteiro de Santa Cruz. Estudante de Coimbra vence Prémio

Notícias de Coimbra | 3 semanas atrás em 25-06-2024

Miguel Machado Góis, arquiteto e antigo estudante do Departamento de Arquitetura (DARQ) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), venceu o Prémio Archiprix 2024, com o projeto “Identidade e Atmosferas – Projeto do Museu do Mosteiro de Santa Cruz”. 

PUBLICIDADE

Este projeto corresponde à tese de mestrado integrado em Arquitetura de Miguel Góis, orientada pelos professores do DARQ e arquitetos João Mendes Ribeiro e Rui Lobo. 

Neste trabalho, o antigo estudante da FCTUC desenvolveu uma proposta de instalação de um museu do espólio do antigo Mosteiro de Santa Cruz, a partir do conceito da Paisagem Urbana Histórica da UNESCO (2011) e da ideia de reabilitação das antigas dependências monásticas, e edifícios envolventes (caso do antigo edifício dos CTT), de re-formalização do antigo Claustro da Manga (em redor da fonte renascentista de João de Ruão) e de reconstrução de um elemento vertical de referência, no local da antiga torre dos sinos (demolida em 1935).

PUBLICIDADE

O Prémio Archiprix ou Prémio Nacional para o Ensino da Arquitetura, Urbanismo e Arquitetura Paisagista teve início em Portugal, no ano de 2012, e pretende distinguir os melhores trabalhos de Mestrado em Arquitetura de todas as faculdades portuguesas. 

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE