Educação

Professores manifestam-se pela recuperação do tempo de serviço

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 06-06-2023

Milhares de professores estão hoje a manifestar-se em Lisboa para exigirem a recuperação do tempo de serviço congelado (seis anos, seis meses e 23 dias).

PUBLICIDADE

A manifestação, que decorre entre o Marquês de Pombal e a Assembleia da República, é organizada pela plataforma de nove organizações de professores e acontece no mesmo dia em que os docentes realizam uma greve nacional.

Depois da manifestação realizada durante a manhã no Porto, que reuniu professores do norte e centro do país, o protesto em Lisboa reúne docentes da região sul. As têm o simbolismo de o dia de hoje coincidir com o tempo de serviço que os professores reclamam há vários anos: 06/06/2023.

PUBLICIDADE

Empunhando bandeiras de vários sindicatos e cartazes onde se pode ler “Respeito e Dignidade”, “Apoiar os Professores é Apoiar a Educação” e “Em defesa da Escola Pública”, os professores gritam palavras de ordem como “Não Paramos”, “Ó Costa Escuta, os Professores Estão Em Luta” e “Seis.23, Já Cá Estamos Outra Vez”.

A greve de hoje assim como as previstas para os exames e avaliações foram convocadas pela plataforma de nove organizações: Associação Sindical de Professores Licenciados (ASPL), Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Federação Nacional da Educação (FNE), Pró-Ordem dos Professores (Pró-Ordem), Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados (Sepleu), Sindicato Nacional dos Profissionais de Educação (Sinape), Sindicato Nacional e Democrático dos Professores (Sindep), Sindicato Independente dos Professores e Educadores (SIPE) e Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades (Spliu).

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE