Conecte-se connosco

Coimbra

Professores de Coimbra alertam que não se recupera o atraso do ensino à distância com “os mesmos ovos” (com video)

Publicado

em

Um dos coordenadores do Sindicato de Professores da Região Centro, João Louceiro, acompanhou hoje em Coimbra a reabertura de creches e escolas de 1ºciclo previsto nesta primeira fase do plano de desconfinamento anunciado pelo Governo. 

João Louceiro sublinhou ao Notícias de Coimbra a necessidade de contratar mais professores “É fundamental aquilo que a FENPROF tem exigido, ou seja, é preciso mais gente, mais recursos docentes, não se faz a recuperação de todos estes atrasos com os mesmos ovos.” 

O Sindicato mostrou-se satisfeito pelo anúncio da integração dos professores e pessoal não docente no grupo prioritário de vacinação, mas reforça que não basta anunciar “É preciso  a vacinação e aí nós estamos a lidar com dificuldades, é sabido, na obtenção de vacinas para o programa de larga escala de vacinação para acelerar esse processo, portanto positivo sim, o anúncio, mas não basta é preciso a concretização”. 

Por último o sindicalista alegou que o principal problema durante o ensino à distância se prendeu com a ineficácia do Governo na garantia do acesso às aulas online a todos os alunos “O governo anunciava um programa de distribuição de computadores, de acesso à internet e ainda hoje a chegar ao fim deste segundo confinamento também da atividade escolar ainda isso não foi realizado” e acrescentou que o ensino à distância não é o regime desejável para o processo de aprendizagem. 

Veja o video do direto Notícias de Coimbra

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link