Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Politécnico

Professor da ESAC avalia candidaturas de Universidades Europeias  

Notícias de Coimbra | 10 meses atrás em 03-05-2023

O Professor da Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC), Rui Costa, integra o grupo de peritos da Agência de Educação e Audiovisual da Comissão Europeia com a responsabilidade de avaliar as candidaturas de Universidades Europeias submetidas este ano a financiamento.

PUBLICIDADE

Lançado a 30 de setembro de 2022 com o objetivo de continuar a apoiar a plena implementação da iniciativa «Universidades Europeias» (integração de universidades e politécnicos de diferentes países em consórcios), o convite que deu origem às candidaturas submetidas conta com um orçamento total de 384 milhões de euros.

Este convite estruturou-se em torno de dois temas, a saber: intensificação da cooperação institucional transnacional aprofundada existente e desenvolvimento de novos projetos de cooperação institucional transnacional aprofundada. No âmbito do primeiro tema será prestado apoio a alianças existentes em matéria de cooperação institucional transnacional aprofunda, incluindo, mas não exclusivamente, as alianças de Universidades Europeias selecionadas no âmbito do convite à apresentação de propostas Erasmus+ de 2020. A ideia é desenvolver a cooperação institucional alcançada até ao presente e aprofundar, intensificar e alargar a sua eficácia a fim de avançar no sentido da visão de longo prazo das «Universidades Europeias», sendo que as novas instituições de ensino superior têm a oportunidade de se juntar às alianças existentes enquanto parceiros de pleno direito. No contexto do segundo tema será dado apoio a universidades e politécnicos candidatos que pretendam estabelecer novos projetos de cooperação institucional transnacional aprofundada no quadro de novas alianças de Universidades Europeias.

Atualmente existem 44 Universidades Europeias, que reúnem 340 instituições de ensino superior em capitais e regiões remotas de 31 países de todos os Estados-Membros da União Europeia, bem como da Islândia, da Noruega, da Sérvia e da Turquia.

Ao estabelecerem parcerias com cerca de 1 300 associados, desde organizações não governamentais (ONG), empresas, cidades e órgãos de poder local e regional, as Universidades Europeias cumprem o desígnio de aumentar substancialmente a qualidade e a relevância do ensino superior na Europa. A par da partilha de recursos e de serviços, cursos conjuntos e colaboração em investigação, entre outras iniciativas, são chamadas a ter um papel de liderança na transição digital e na transição verde. Nesta medida, este tipo de alianças ambiciona acelerar a transformação das instituições de ensino superior nas universidades do futuro com estruturas, impacto sistémico e sustentável

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com