Conecte-se connosco

Justiça

Prisão preventiva por injuriar e agredir a mulher durante 17 anos

Publicado

em

O Tribunal Judicial de Braga aplicou hoje prisão preventiva a um homem que nos últimos 17 anos terá injuriado e agredido física e psicologicamente a mulher, naquele concelho, anunciou a GNR.

Em comunicado, a GNR refere que, na sequência de uma denúncia por violência doméstica, os militares foram ao local e acabaram por ser ameaçados e injuriados pelo suspeito, que estava munido de uma arma de ar comprimido.

“No seguimento das diligências policiais, apurou-se que o agressor, nos últimos 17 anos, terá injuriado e agredido física e psicologicamente a vítima, sua mulher de 38 anos, com quem se encontra casado há 20”, acrescenta.

A ação culminou com a detenção do suspeito, de 44 anos, tendo ainda sido apreendida a arma, bem como 62 munições e um pé-de-cabra.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link