Conecte-se connosco

Crimes

Prisão preventiva para homem e mulher suspeitos de abuso sexual de crianças

Publicado

em

O Tribunal Judicial de Évora decretou hoje a prisão preventiva de um homem e uma mulher, por suspeitas de abuso sexual de crianças naquele concelho, detidos pela Polícia Judiciária (PJ) na quinta-feira, revelou fonte policial.

A fonte da PJ indicou à agência Lusa que o homem, de 34 anos, foi encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Beja, e a mulher, de 31 anos, foi conduzida para o Estabelecimento Prisional de Tires, no concelho de Cascais, distrito de Lisboa, onde vão aguardar o desenrolar do processo.

Os dois suspeitos foram presentes hoje ao Tribunal Judicial de Évora para primeiro interrogatório judicial, adiantou a mesma fonte.

A PJ divulgou hoje, em comunicado, que deteve um homem e uma mulher, em Évora, pela presumível autoria de sete crimes de abuso sexual de crianças em contexto intrafamiliar.

A Polícia Judiciária explicou que os dois suspeitos foram detidos na quinta-feira, pela Unidade Local de Investigação Criminal de Évora (ULIC), fora de flagrante delito e na sequência de mandado judicial.

Ambos estão indiciados por abuso sexual de crianças agravado, indicou fonte da PJ.

Segundo a PJ, o arguido “mantém uma relação análoga ao casamento com a coarguida, progenitora da vítima”, uma menina que começou a sofrer os abusos “aos 08 anos, em novembro de 2020”.

“Foi nessa altura que o casal começou a coabitar” e que começaram “os abusos sexuais da criança, que tem hoje 09 anos”, acrescentou a fonte.

No comunicado, a PJ referiu que o homem, “aproveitando a sua ascendência física e familiar, praticou atos sexuais de relevo qualificados”.

Posteriormente, fonte da polícia de investigação criminal precisou à Lusa que “os crimes passaram de sete para 10 e aumentou para duas o número de vítimas”, sendo a segunda, “outra criança também no contexto familiar, que assistiu aos abusos”.

Os suspeitos são residentes no concelho de Évora e não têm antecedentes criminais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade