Conecte-se connosco

Primeiro Ministro afirma que estratégia do Turismo do Centro “é um excelente exemplo que nós temos de multiplicar”

Publicado

em

O Governo de Portugal fez-se representar ao mais alto nível no Vê Portugal – Fórum Turismo Interno, que decorreu nos últimos 3 dias em Leiria. 

00000

O primeiro-ministro António Costa, que esteve no evento organizado pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal com o Ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral e a secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho, enalteceu a importância que o turismo tem para  a economia portuguesa.

Ainda de olhos postos em Espanha, depois de ontem ter participado na cimeira ibérica, António Costa afirmou que o  turismo interno tem um papel capital, o turismo interno não deve ser olhado apenas por turismo feito por portugueses, temos cada vez mais de olhar para o nosso mercado como um mercado de 60 milhões de consumidores.

A fronteira tem de deixar de ser uma linha de separação para ser um ponto de união, para criarmos em conjunto um grande mercado, concluiu o Primeiro Ministro. O que o Turismo do Centro, Extremadura, Castela e Leão é um excelente exemplo do que nós temos de multiplicar, acrescentou.

No palco com António Costa, enquanto oradores, estiveram o anfitrião Raul de Castro – presidente da Câmara de Leiria, Francisco Martín Simón, Diretor-geral de Turismo da Junta da Extremadura, e Pedro Machado – Presidente do Turismo Centro de Portugal.

Pedro Machado, ao fazer o balanço deste Vê Portugal, agradeceu a atenção que António Costa dedica ao turismo, sobretudo ao turismo interno.

“O senhor Primeiro Ministro, tal como eu, somos pessoas felizes. E as pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo. Eu acho que o senhor é uma homem sem medo, que abraça o desafio da governação de um país numa altura difícil, mas que sabe que conta com os agentes do turismo, para fazermos dos portugueses pessoas mais felizes”,  disse Pedro Machado a António Costa.

A nova economia, a economia do conhecimento implica que façamos as nossas escolhas, que definamos as nossas prioridades, correr riscos, frisou ainda o dinâmico líder do Turismo do Centro.

Pedro Machado foi aplaudido por todos quando agradeceu o apoio de Ana Mendes Godinho, a “nossa Padeira de Aljubarrota” e “maior aliada”.

Na plateia, destacava-se a presença de Manuel Machado – Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses,  de Ana Abrunhosa – Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro e Luís Ferreira Lopes – em representação do Presidente da Republica Marcelo Rebelo de Sousa.

Este conjunto de protagonistas teve ainda a oportunidade de ver o novo filme promocional do Centro de Portugal.

Veja o que aconteceu na cerimónia de encerramento do Vê Portugal:

“A Importância das Indústrias Criativas para a Gestão de Um Destino Turístico” foi debatida no primeiro painel deste último dia. Com moderação de Gonçalo Lopes – Vice-presidente da Câmara Municipal Leiria, a sessão contou com a participação de personalidades como Carlos Martins – da Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, Neil Peterson – Diretor e Fundador da Inside Track e Bonifácio Serra, que prepara a candidatura de Leiria Capital  Europeia da Cultura em 2027.

Paulo Brehm – Assessor de imprensa da Associação Portuguesa das Agência de Viagens e Turismo (APAVT) moderou o derradeiro debate da edição de 2017 do Vê Portugal, onde Paulo Ferreira  – Presidente da APVT, Merike Halli  e Michael de Blust – Presidente e Secretário-geral da Confederação Europeia das Associações de Agências de Viagens e Operadores Turísticos Europeus e Frederico Costa – Administrador das Pousadas de Portugal explicaram “Como Promover/Vender um Destino”.

 O maior fórum nacional sobre as oportunidades e relevância do mercado do turismo interno (que vale 30% das dormidas no País) decorreu em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva, entre os dias 29 e 31 de maio.

 

Ao longo dos três dias de “Vê Portugal”, atores e especialistas nacionais e internacionais, na área do Turismo, abordaram a situação atual e lançaram pistas para o futuro.

Em debates estiveram temas como o apoio à valorização dos destinos turísticos, o alargamento do mercado interno com as parcerias transfronteiriças, a importância das indústrias criativas no setor ou a promoção e venda de um destino turístico.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com