Mundo

Primeira queda de neve no nordeste da China este ano pode bater recordes

Notícias de Coimbra com Lusa | 7 meses atrás em 06-11-2023

 O Centro Meteorológico da China emitiu no domingo o alerta laranja para tempestades de neve, no nordeste do país, onde se prevê as maiores quedas de neve de sempre para esta época do ano.

PUBLICIDADE

O segundo nível de alerta mais elevado para tempestades de neve foi acompanhado de um alerta azul para uma vaga de frio, ventos fortes e mau tempo, informou hoje o jornal oficial Global Times.

Esta queda de neve antecipada, que, segundo a imprensa local, começou no sábado em partes da região da Mongólia Interior (norte) e que ocorre normalmente entre o final de novembro e o início de dezembro, deve ser intensa, prevendo-se acumulações excecionalmente densas em zonas localizadas, em especial no sudeste da província de Heilongjiang (nordeste).

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Segundo as autoridades meteorológicas do país, as quantidades de neve podem exceder os registos históricos para esta época do ano, atingindo um máximo de 25 centímetros.

PUBLICIDADE

Está ainda previsto que as temperaturas em várias regiões do norte e do nordeste da China desçam significativamente, podendo atingir os 16 graus negativos.

O impacto desta queda de neve precoce na agricultura e na pecuária é motivo de preocupação para Fang Chong, meteorologista chefe do Centro Meteorológico da China.

“É necessário prestar atenção ao impacto do vento e da forte queda de neve no nordeste da China e em partes da Mongólia Interior para garantir a segurança da produção agrícola e pecuária”, afirmou Fang, citado pelo Global Times, acrescentando que foram tomadas medidas para manter os transportes e o fornecimento de eletricidade.

O ministério de Gestão de Emergências da China e o Centro Meteorológico Nacional estão a implementar medidas preventivas para evitar perdas significativas nas áreas afetadas, incluindo transportes, fornecimento de energia e produção agrícola.

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE