Conecte-se connosco

Política

Presidente da República saúda 80 anos de pai do constitucionalismo português Gomes Canotilho

Publicado

em

O Presidente da República saudou o professor de Direito Gomes Canotilho, a par de Jorge Miranda um dos “pais do constitucionalismo democrático português”, que hoje completa 80 anos de vida, realçando o seu “magistério humano e cívico”.

“No dia em que completa 80 anos, o Presidente da República saúda o Professor Doutor José Gomes Canotilho, que conjuntamente com o Professor Doutor Jorge Miranda, constitui um dos pais do constitucionalismo democrático português, realçando o magistério humano e cívico que marcou e marcará sucessivas gerações”, lê-se numa mensagem da Presidência.

A mensagem de saudação aos 80 anos de Gomes Canotilho foi publicada na página na internet do Palácio de Belém.

Professor catedrático jubilado, Gomes Canotilho foi vice-reitor da Universidade de Coimbra e conselheiro de Estado, e é autor de obras como “Constituição Dirigente e Vinculação do Legislador”, “Direito Constitucional e Teoria da Constituição” e “Constituição da República Portuguesa Anotada”.

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel assinala hoje num artigo de opinião no jornal Público que “em Portugal há uma ciência do Direito Constitucional antes de Gomes Canotilho e outra depois dele”.

“A sua obra conjunta com Vital Moreira – Constituição da República Portuguesa Anotada, com várias edições – é, no meu modesto ver, a mais importante obra de Direito Constitucional publicada depois do 25 de Abril. Mas não subsistam dúvidas de que o seu manual de Direito constitucional e Teoria da Constituição – com 13 edições – revolucionou, desde os seus alvores, o paradigma da investigação jurídico-constitucional”, assinala no mesmo artigo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade