Primeira Página

Presidente da República inaugura mural de homenagem à Crise Académica de 1969 em Coimbra

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 14-04-2024

O mural de homenagem a Alberto Martins e à Crise Académica de 1969, que está a ser pintado em Coimbra, vai ser inaugurado na quarta-feira pelo Presidente da República, anunciou hoje a Associação Académica de Coimbra.

PUBLICIDADE

Numa nota de imprensa enviada à agência Lusa, os estudantes informam que a mural vai ser inaugurado pelas 14:00 da próxima quarta-feira, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O mural, da autoria dos artistas c’Marie e Egrito, nasceu junto ao edifício da Associação Académica de Coimbra (AAC), na Rua Padre António Vieira, no centro da cidade de Coimbra.

PUBLICIDADE

Serve para homenagear Alberto Martins, o presidente da Associação Académica de Coimbra que pediu a palavra ao então chefe de Estado, Américo Thomaz, dando início à Crise Académica de 1969.

É também “comemorativo dos 55 anos da Crise Académica de 1969, enquadrada nas comemorações dos 50 anos do 25 de Abril”.

PUBLICIDADE

“É de salientar o papel que os estudantes desempenharam na luta pela liberdade e pela democracia. É com o intuito de homenageá-los que a Associação Académica de Coimbra pretende celebrar este legado e dia histórico”, justifica.

A nota de imprensa recorda que a Crise Académica de 1969 eclodiu devido a uma intensa agitação social e política em Coimbra, sendo desencadeada pela recusa do governo em dar a palavra aos estudantes da Universidade de Coimbra, levando a um forte período de contestação estudantil, que culminou no 25 de Abril de 1974.

A cerimónia de inauguração do mural contará com intervenções do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do homenageado Alberto Martins, do reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, do vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Francisco Veiga, e o presidente da direção geral da Associação Académica de Coimbra, Renato Daniel.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE