Partidos

Presidente da Distrital de Coimbra apresentou moção no congresso do CDS

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 12-01-2014
Rui Cruz (Concelhia de Coimbra) Lúcia Santos (Juventude Popular) e Paulo Almeida (Distrital de Coimbra)

Rui Cruz (Concelhia de Coimbra) Lúcia Santos (Juventude Popular) e Paulo Almeida (Distrital de Coimbra)

Paulo Almeida, presidente da Comissão Política Distrital de Coimbra do CDS-PP e actualmente deputado à Assembleia da República, foi o 1º subscritor da Moção Sectorial J – “POR UM CDS–PP MAIOR” – que apresentou este sábado no congresso do seu partido,que está a decorrer no Espaço Inovação, em Oliveira do Bairro.

PUBLICIDADE

No texto da Moção defende-se a introdução de eleições primárias no CDS, partido que, de acordo com Paulo Almeida, tem a obrigação de adoptar medidas corajosas que ajudem a reconciliar a política e a sociedade. Para ajudar a restabelecer a confiança dos cidadãos nos partidos políticos, fomentando o seu interesse e participação na política, deve ser incentivada a participação dos simpatizantes, a quem deve ser dado o privilégio de votar nos candidatos do CDS-PP.

Genericamente, Paulo Almeida considera que qualquer cidadão que se reveja nos princípios do CDS deve poder votar e ser eleito, pois entre militantes e simpatizantes, os inscritos para votar no círculo eleitoral ajudarão a fazer as escolhas do CDS.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O distrito de  Coimbra esteve bem representado neste congresso do CDS. Destaca-se a presença de Paulo Almeida, Luís Providência, Lúcia Santos, Rui Cruz, Luís Filipe Santos, João Aldeia, Rui Nuno Castro e Serpa Oliva. Os conimbricense Luís Queiró e António Lobo Xavier, bem como Miguel e Filipe Anacoreta Correia (candidato a sucessor de Paulo Portas), primos de Luís Providência, foram algumas das personalidades que pontuaram no conclave do Centro Democrático Social.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE