O Sexo e a Cidade

PRESIDENTE DA ACADÉMICA LEVA CARTÃO VERMELHO DA FILHA: “FIQUEI SOZINHA”

O SEXO E A CIDADE - Opinião | Satírico, Sarcástico e Humorístico | 1 mês atrás em 17-04-2024

A filha do presidente da Académica, Catarina Ribeiro, esteve no programa Goucha da TVI, esta quarta-feira, 17 de abril.

PUBLICIDADE

Ao longo da conversa com Manuel Luís Goucha, Catarina Ribeiro desvendou alguns aspetos da sua vida pessoal.

A ex-concorrente do Big Brother 2024 falou do divórcio dos pais e da zanga que teve com o pai, revelando que esteve mais de um ano sem falar para o progenitor.

PUBLICIDADE

“Fiquei sozinha com a minha mãe e tivemos de superar as duas a saída do meu pai”, desabafou.

“Não falei com o meu pai durante um ano, estava zangada completamente com ele, mas acabei com muito esforço e ajuda psicológica por compreender que o melhor para ele era estar livre e solto”, recordou.

PUBLICIDADE

“Não suportava um não dos meus pais, tinha de ter tudo o que queria”, disse a jovem ao falar da sua infância, num meio privilegiado.

Os avós também foram tema de conversa no programa da TVI. “Davam-me tudo”, disse, admitindo que o avô paterno era o seu ídolo.

A ex-concorrente falou da altura em começou a trabalhar. “Apercebi-me que tinha de começar a trabalhar e foi um choque muito grande”.

Catarina Ribeiro admitiu vontade de sair de Coimbra: “A mentalidade é muito retrógrada“, é uma cidade “muito pequena para mim”, comenta.

Catarina Ribeiro vive em Coimbra e é formada em Solicitadoria. Considera-se extremamente persistente e combativa. Cresceu num ambiente privilegiado e só durante o Erasmus em Espanha, é que aprendeu a “desenrascar-se” sozinha. Ainda assim, assume que esse foi o melhor período da sua vida.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE