Primeira Página

Presépio em Cantanhede dá nova vida a rolhas de cortiça

António Alves | 6 meses atrás em 04-12-2023

A escola Conde Ferreira, em Cantanhede, acolhe um presépio com mais de 300 peças que têm em comum a utilização de rolhas de cortiça usadas. Samuel Cardoso é o responsável por este trabalho manual que inclui ainda a utilização de materiais recicláveis como paus de gelado, madeira e cartão, entre outros.

PUBLICIDADE

O projeto começou em 2014, altura em que o técnico de reinserção social decidiu aceitar o repto de trabalhar a cortiça de uma forma criativa e inovadora.

A primeira exposição contou com poucas peças, mas como lembrou ao Notícias de Coimbra Samuel Cardoso, “o bichinho da cortiça ficou, ao ponto de agora estarem aqui (em Cantanhede) apenas algumas das peças da minha coleção particular”.

PUBLICIDADE

Residente na Póvoa da Lomba, o responsável pela criação deste presépio afirmou que o material mais usado é a rolha de cortiça usada. “Todas as rolhas dadas são trabalhadas em rodelas e pequenos retalhos que depois dão origem aos blocos e telhas e à cortiça ralada que é usada para fazer as paredes dos edifícios”, explicou.

Para ajudar a compor o cenário, e porque nem tudo dá para fazer de rolhas de cortiça, Samuel Cardoso recorre a musgo natural, areias, casca de pinheiro e outros materiais que são recolhidos na natureza. 

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Carregue na galeria e veja algumas das peças expostas em Cantanhede

Esta exposição é, apenas, uma parte da coleção de Samuel Machado que já ultrapassa o meio milhar de peças feitas à base de rolhas de cortiça. Isso tem permitido a cedência de peças para a realização de exposições noutros locais do país.

Para chegar a este número, o artesão dedica duas a três horas por dia a trabalhar na construção destas peças. Uma das novidades da exposição deste ano é a zona onde estão representados os Palheiros da Praia da Tocha. “Tentamos, a cada ano, trazer uma novidade com algo que as pessoas se identifiquem. Este ano, a escolha recaiu na Praia da Tocha”, disse.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com Samuel Machado

Depois de ter estado na Biblioteca Municipal e edifício da Câmara Municipal, este presépio passou a estar exposto desde 2021 na Escola Conde Ferreira, junto aos Paços do Concelho. Numa área superior a 50 metros quadrados, os visitantes podem contar com diversos espaços temáticos, construídos à escala, para figuras humanas de 12 centímetros.

A entrada é gratuita e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 10:00 às 18:00 e aos sábados e domingos entre as 14:00 e as 20:00. O Monumental Presépio de Cortiça integra a programação de Natal promovida pelo Município de Cantanhede.

Para breve está a abertura de um espaço comercial no centro de Cantanhede onde Samuel Machado irá colocar à venda alguns dos presépios e peças de autor também elas feitas à base de cortiça.

Veja o Direto Notícias de Coimbra onde se mostra o Presépio de Cortiça

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE