Desporto

Portugal só irá alcançar a sua “máxima força” após a fase de grupos!

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 17-06-2024

 O selecionador Roberto Martínez afirmou hoje que Portugal está preparado para o arranque do Euro2024 de futebol, na terça-feira, frente à República Checa, mas só irá alcançar a sua “máxima força” após a fase de grupos.

PUBLICIDADE

“A preparação foi muito boa. Todos os jogadores estão aptos. Todos tiveram minutos na fase de preparação. Mesmo os jogadores que tínhamos algumas dúvidas estão perfeitamente em condições físicas para jogar. A equipa está preparada, mas ainda não está no máximo nível. Isso só chega depois dos três jogos de fase de grupos”, afirmou Roberto Martínez.

O selecionador português falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antecipação do duelo com os checos, em Leipzig, na Alemanha, país que está a organizar o torneio.

PUBLICIDADE

“Precisamos de acreditar e sonhar. Se não sonhamos, é difícil ter sucesso. Mas, também temos de ter responsabilidade e jogar bem. O jogo de amanhã [terça-feira] será o momento perfeito para mostrar que estamos preparados”, acrescentou.

Martínez resolveu apelidar a seleção portuguesa que vai participar no Euro2024 como os ‘apaixonados’, devido à “paixão” que os jogadores têm demonstrado nos jogos e nos treinos, e voltou a apontar o desaire com a Croácia (2-1), num particular antes de viajar para a Alemanha, como um ponto importante no crescimento da equipa.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“Nesse jogo, passámos por adversidades que ainda não tinham acontecido. Sofremos pela primeira vez um golo na primeira parte, nos primeiros minutos. Foi importante passar por isso”, explicou.

O técnico espanhol, que se prepara para viver o seu segundo Campeonato da Europa, depois de ter liderado a Bélgica no Euro2020, anunciou ‘apenas’ a titularidade de Diogo Costa na baliza, deixando as ‘surpresas’ para terça-feira, e abordou a presença de Cristiano Ronaldo, naquela que vai a sexta presença em Europeus do capitão.

“Ronaldo e Pepe sãos jogadores mais velhos da prova. Por isso, não há mais nenhum balneário como o de Portugal, com a experiência desses dois jogadores. É algo único. E, o Cristiano vai fazer mais um Europeu por causa do seu mérito e não por causa do seu nome. Marcou 51 golos em 50 jogos no seu clube”, referiu.

Sobre o encontro com a República Checa, Martínez explicou que o rival da primeira jornada do Grupo F é uma equipa que pressiona alto e que gosta de atacar.

“A República Checa tem um estilo bem claro. Um estilo de pressão alta, de arriscar. Têm jogadores que querem marcar golos. A experiência do Soucek, do Schick. São jogadores que têm ideias claras. É uma equipa que joga para ganhar, gosta de correr riscos e acho que vai ser um jogo fantástico para os adeptos neutros”, concluiu.

O encontro está agendado para as 21:00 locais (20:00 horas de Lisboa), na Red Bull Arena, e terá arbitragem do italiano Marco Guida.

Além dos checos, no agrupamento, Portugal defronta ainda a Turquia (22 de junho, em Dortmund) e a Geórgia (26, em Gelsenkirchen).

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE