Crimes

Pombal: “Acabou por ser intercetado por populares que se aperceberam do assalto”

Notícias de Coimbra | 4 semanas atrás em 20-06-2024

 Um suspeito de dois roubos por esticão, na terça-feira, foi intercetado por populares e entregue à PSP de Pombal, anunciou hoje o Comando Distrital da PSP de Leiria.

PUBLICIDADE

Pelas 18:45, uma mulher de 78 anos, que caminhava numa das ruas da cidade de Pombal, “foi surpreendida pelas costas, por um cidadão de bicicleta que, num gesto repentino, lhe subtraiu a carteira que trazia debaixo do seu braço”, adianta um comunicado da PSP.

A vítima deslocou-se de imediato à Esquadra de Pombal e denunciou o crime, tendo a PSP encetado diligências para intercetar o autor do crime.

PUBLICIDADE

Quinze minutos depois, noutra artéria da cidade, o suspeito utilizou o mesmo método para tentar assaltar uma mulher de 75 anos, tentando subtrair-lhe a mala que trazia no braço.

No entanto, esta vítima ofereceu resistência.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“O homem acabou por ser intercetado por populares que se aperceberam do assalto e o entregaram, sob detenção, à Polícia que prontamente chegou ao local e procedeu às medidas de segurança necessárias”, lê-se na nota de imprensa.

Após terem sido efetuadas diligências policiais, os agentes detetaram que a primeira carteira subtraída se encontrava “no interior do veículo propriedade do autor do crime, o qual estava estacionado muito próximo do local onde aquele foi intercetado”.

A PSP assegura que as vítimas não sofreram qualquer tipo de ferimento, estão bem de saúde e os objetos subtraídos foram imediatamente entregues aos seus legítimos proprietários.

Apesar das vítimas terem “apenas um valor muito residual em moedas”, o valor dos equipamentos eletrónicos e das carteiras ascendem a mais de 800 euros.

O suspeito, que tem antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, foi detido e foram-lhe apreendidos uma viatura e um velocípede “que utilizava na sua conduta criminal”.

O homem será hoje presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE