Conecte-se connosco

Politécnico

Politécnico de Coimbra retoma coordenação do grupo de institutos politécnicos

Publicado

em

O Politécnico de Coimbra acolheu a primeira reunião do Consórcio ErasmusCentro no quadro do novo programa Erasmus+ 2021-2027, realizada no dia 15 de outubro.

Composto por oito institutos politécnicos – Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Leiria, Portalegre, Santarém, Viseu e Tomar -, o consórcio promove a cooperação no âmbito do Programa Erasmus+ e outros programas que contribuam para a promoção da internacionalização das oito instituições de ensino superior (IES), bem como das respetivas regiões em que se inserem. A rede associa também estruturas associativas empresariais, municípios, empresas e entidades relevantes e proporciona mobilidade internacional aos alunos, docentes e staff das oito IES que, em conjunto, representam cerca de 46.000 estudantes.

Maria João Cardoso, pró-presidente do Politécnico de Coimbra para as relações Internacionais, explica que o Erasmuscentro foi uma iniciativa pioneira coordenada pelo IPC em 2011 que, ao longo do tempo, ganhou projeção nacional e internacional, tornando-se “num projeto de referência e o maior consórcio de projetos de mobilidade internacionais em Portugal”.

Segundo a responsável, o nível de atividade e de reputação do consórcio traz “uma responsabilidade acrescida” para o Politécnico de Coimbra que agora retoma a coordenação, para a qual foi eleito para o período correspondente à mais recente certificação, isto é, no quadro do novo programa Erasmus+ 2021-2027.  

Já o presidente do Politécnico de Coimbra, Jorge Conde, considera que este “é um bom exemplo de como se podem fazer projetos em conjunto, fomentando a cooperação, sem desvirtuar a concorrência saudável”. “Essa é a matriz do Politécnico de Coimbra e será cada vez mais por aí que o País pode fazer a diferença”, concretiza.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link