Conecte-se connosco

Politécnico

Politécnico de Coimbra quer ser “parceiro ativo para modernizar a região” (com vídeo)

Publicado

em

Teve lugar hoje, 16 de julho, a tomada de posse do presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), Jorge Conde, para o mandato 2021-25, no Auditório António Arnaut da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC).

O presidente no discurso de posse reforçou a necessidade de neste segundo mandato “consolidar o trabalho que está feito” e explicou que foi com esse objetivo em mente que também a equipas da presidência e da direção de duas unidades orgânicas são as mesmas “para dar continuidade ao trabalho já começado”.

A equipa da presidência é formada por José Gaspar, Ana Ferreira e Daniel Gomes, João Lobato, Maria João Cardoso e Lúcia Costa, Marta Henriques, Sara Proença e Cristina Faria e o novo provedor do estudante é Luís Roseiro .

“A manutenção da equipa é uma aposta numa renovação da missão e a experiência que qualquer um dos elementos nomeado hoje tem, dá-nos a garantia de que vamos ser capazes de continuar a fazer bem e a fazer melhor”, reiterou Jorge Conde.

Para além do objetivo de incrementar e incentivar parcerias com outras unidades de ensino no sentido de criar laboratórios colaborativos em que “é potenciada a experiência da aprendizagem”, Jorge Conde, destacou também a intenção de melhorar e modernizar o IPC para aumentar a atratividade da unidade de ensino e assim aumentar o número de alunos, nomeadamente estrangeiros.

“Ao longo do mandato, muitas foram as mudanças que realizámos: na organização, na forma de funcionamento, na interação interna e na ligação externa ao nosso território regional, mas também ao País e ao mundo. Não querendo maçar-vos, começaria por vos referir a mudança da sede e a junção de todos os serviços. Foi a opção pela eficácia e pelo espírito de equipa, juntando tudo o que era comum, com tudo o que era presidência e criando o conceito de Serviços Centrais”, disse o presidente no discurso de tomada de posse.

Veja o direto NDC com Jorge Conde:

Jorge Conde destacou o crescimento da comunidade estudantil do IPC durante o último mandato que presidiu, e que este só “sofreu uma ligeira quebra no último ano face à pandemia”.

“Queremos dar continuidade ao que fizemos anteriormente, nós aumentámos os estudantes no seu todo em cerca de 10% e aumentámos cerca de dez vezes o número de estudantes internacionais. O ritmo a que vínhamos a crescer é a garantia de que temos potencial para crescer não só nacionalmente e internacionalmente”, reforça o presidente do IPC.

Quanto ao novos desafios, o dirigente do IPC explicou, em entrevista ao Notícias de Coimbra, que os próximos passos passam pela necessidade de aproveitar bem as oportunidades: “Eu diria que o facto de estarmos a entrar na aplicação do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) e do Quadro 20/30 são os nossos principais desafios, e temos que aproveitar estes incentivos, não só para renovar e melhorar a forma como ensinamos, mas também para criar laboratórios e espaços que possam ser úteis, modernizando a região”.

Veja o direto NDC na cerimónia de posse:

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com