Conecte-se connosco

Crimes

PJ detém homem e mulher suspeitos de falsificarem receitas médicas 

Publicado

em

Dois profissionais do sistema de saúde, um homem e uma mulher, foram detidos no Alentejo pela Polícia Judiciária (PJ), por suspeitas de falsificarem receitas médicas para a obtenção de “elevadas” comparticipações indevidas, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a PJ revelou que as duas pessoas, “que exercem atividades profissionais no sistema de saúde”, foram detidas, esta quarta-feira, através da Diretoria do Sul desta polícia de investigação criminal.

Contactada pela agência Lusa, fonte da PJ acrescentou que os detidos são um homem e uma mulher, mas não especificou as idades.

As detenções tiveram lugar no âmbito de um inquérito tutelado pela Procuradoria do Juízo de Competência Genérica de Ourique, no distrito de Beja.

Em colaboração com o INFARMED, a PJ efetuou, na quarta-feira, cinco buscas, tanto domiciliárias como não domiciliárias, que culminaram nas detenções.

O homem e a mulher são suspeitos de “crimes de burla qualificada e falsificação ou contrafação de documento, com vista à obtenção do recebimento de comparticipações elevadas, indevidas, pelo Serviço Nacional de Saúde, através da emissão de receituário médico fraudulento”, disse a PJ.

Os detidos vão ser presentes hoje a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Ourique, para aplicação das respetivas medidas de coação, disse à Lusa a fonte da PJ.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade