Conecte-se connosco

Coimbra

Pensionistas em Coimbra contra aumento do custo de vida (com vídeos)

Publicado

em

Cerca de duas dezenas de reformados concentraram-se, na manhã desta terça-feira, 24 de janeiro, no Largo da Portagem, em Coimbra, para exigirem uma atualização em todas as reformas, bem como medidas do Governo para travar a inflação nos bens essenciais.

“Os pensionistas lutam contra o aumento do custo de vida e o insuficiente aumento das pensões em janeiro de 2023 que contribuem para o seu empobrecimento”, disse, ao NDC, Celeste Batista do Secretariado do MURPI – Confederação Nacional de Reformados Pensionistas e Idosos.

” Não estamos dispostos a comer e a calar, nem nos deixamos convencer pela propaganda governamental”, garantiu, reforçando que os reformados têm direito a viver com dignidade, e com segurança económica.

“O MURPI exige ser ouvido sobre o conjunto das suas propostas constantes das 10 medidas de emergência aprovadas e que, entre outras, está também incluída a criação de dois escalões de IRS, bem como a subida dos restantes, a exigência de médico de família para todos os reformados,a criação de um passe nacional, além de uma rede pública de lares e equipamentos de apoio para quem quiser permanecer nas suas habitações”, sustentou Celeste Batista.

Esta iniciativa, promovida pelo MURPI e pela Inter-Reformados (CGTP-In) decorreu também em Lisboa, Porto, Leiria, Braga, Guimarães, Aveiro, Viseu, Guarda, Entroncamento, Almada, Setúbal, Barreiro, Beja, Évora, Grândola, Portalegre e Faro.

Veja os diretos NDC:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com