Região

Penela assinala 590 anos das Festas de S. Miguel com um grande programa

Notícias de Coimbra | 10 meses atrás em 26-09-2023

As Festas de S. Miguel vão realizar-se de 28 de setembro a 01 de outubro, numa organização da Câmara Municipal de Penela. São quatro dias de festa, que têm uma programação diversificada, para todos os gostos e públicos. Música, expositores, tasquinhas, produtos endógenos, oferta cultural e desportiva, fogo de artifício e muita animação para celebrar as tradições de Penela, que inclui a Feira Anual de S. Miguel, que assinala 590 anos desde que foi instituída por édito de D. Duarte, a Feira das Nozes e a Feira Agrícola e Industrial de Penela (FAGRIP). Uma das novidades é que este ano o certame será um ecoevento, numa aposta do município em tornar estas celebrações mais sustentáveis ambientalmente.

PUBLICIDADE

A Câmara Municipal de Penela dá continuidade a um legado longínquo, que remonta a 1433, quando o rei D. Duarte instituiu uma feira no concelho, por altura do S. Miguel, padroeiro da vila, a pedido do irmão D. Pedro, Infante de Portugal e 1.º Duque de Coimbra.

Depois da forte aposta realizada no ano passado, que levou milhares de pessoas ao Parque das Águas Romanas, a autarquia volta a apresentar um programa com artistas nacionais de renome, para além da gastronomia, produtos endógenos, expositores, oferta cultural e desportiva variada, fogo de artifício e muita animação.

PUBLICIDADE

Pedro Mafama, seguido do grupo Smells Like 90’s (29 de setembro), Fernando Daniel (30 de setembro) e Sons do Minho (1 de outubro) são os destaques musicais do certame que apresenta um programa variado, para todos os gostos e públicos, com o objetivo de “à semelhança do ano passado, continuar a promover o concelho de Penela e continuar a recuperar as Festas de S. Miguel como o grande momento de reencontro da família penelense”, salienta o presidente da CM Penela, Eduardo Nogueira dos Santos.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O autarca penelense destaca que este ano as Festas de S. Miguel serão um “ecoevento”, “numa aposta do município em tornar estas celebrações mais sustentáveis ambientalmente, que é uma questão muito relevante que merece o nosso empenho”. Nesse sentido, a autarquia associa-se à ERSUC para promover um conjunto de medidas, que se focam na redução do impacto ambiental resultante do evento, promovendo uma gestão adequada de resíduos. No local será implementado um sistema de recolha seletivo para deposição de resíduos de embalagens provenientes do público e das entidades participantes. Posteriormente, estes resíduos serão recolhidos e encaminhados para as instalações da ERSUC, onde serão triados e enviados para reciclagem. 

A programação das Festas de S. Miguel inclui a Feira Agrícola e Industrial de Penela (FAGRIP), que é inaugurada no dia 29 de setembro, às 15h00. De manhã, às 11h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Penela, realiza-se a tradicional sessão solene comemorativa do Dia do Município. Ao início da noite acontece um dos momentos altos do programa cultural, com o concerto que assinala o 165º aniversário da Sociedade Filarmónica Penelense, que contará também com a participação da Sociedade Filarmónica do Espinhal. Às 23h00, no Parque das Águas Romanas, tem início o concerto de Pedro Mafama. Ao autor do fenómeno “Preço Certo”, que invadiu as rádios e as plataformas musicais, segue-se o grupo Smells Like 90’s e, depois, o DJ Luís da Silva. Aliás, nas noites de sexta-feira e de sábado, após terminarem as atuações musicais, a animação continua numa tenda dedicada aos DJs.

Mas a programação inicia-se logo no dia 28 de setembro, quinta-feira, com a atuação do grupo SÓRITMO, na Praça da República, pelas 21h30. À meia-noite, na entrada do Dia do Município de Penela, há fogo de artifício lançado a partir do Castelo, que se repetirá no encerramento das celebrações, no dia 1 de outubro, pelas 22h00.

Já no sábado, dia 30 de setembro, pelas 22h00, Penela recebe um dos artistas pop nacionais mais relevantes da atualidade, Fernando Daniel, no palco no Parque das Águas Romanas. Depois de adiado em 2022, por motivos de saúde do artista, o concerto vai acontecer um ano depois. Desde 2018, quando editou “Salto”, o seu álbum de estreia, que o público e diversos prémios têm distinguido Fernando Daniel. Essa tour contou com mais de 150 concertos, os quais foram assistidos por multidões de fãs que puderam testemunhar todo o poder vocal do artista e a energia contagiante que toda a banda põe em palco. Ao final da tarde, pelas 18h00, no auditório municipal, no edifício da Biblioteca António Arnaut, vai ocorrer mais um dos momentos altos do programa cultural, com o lançamento da partitura da Cantata de Natal “O Pássaro Azul”, da autoria do maestro Paulo Bernardino, sobre textos de António Arnaut.

Ao longo dos cinco dias de certame, os visitantes podem ficar a conhecer os recursos naturais, culturais e económicos desta região, como também vão poder desfrutar dos sabores do azeite de Sicó, do vinho Terras de Sicó, do queijo DOP Rabaçal, do mel DOP Serra da Lousã, do chícharo e, claro, das tradicionais cebolas e nozes.

É precisamente no último dia, no domingo, que será comercializado este produto endógeno. A tradicional Feira das Nozes, começa a partir das 06h00. A partir das 15h30, vai realizar-se um festival de folclore e, às 18h30, a animação musical de encerramento do certame vai estar a cargo dos Sons do Minho. Oriundo do distrito de Viana do Castelo é constituído por oito elementos, o grupo visa a divulgação e preservação da cultura e da música popular, sendo, atualmente, uma referência nacional deste género musical. Num espetáculo único e dinâmico, apresenta temas tradicionais portugueses mais emblemáticos, das cantigas à desgarrada e aos seus temas originais.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE