Política

Passos Coelho defende que “o resultado natural é a vitória da AD” perante “vazio imenso” do PS”

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 meses atrás em 26-02-2024

Imagem: Lusa

O ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho defendeu hoje que “o resultado natural destas eleições é a vitória da AD”, perante o “imenso vazio” do PS, e pediu aos portugueses que deem “condições de força política a esse Governo”.

PUBLICIDADE

Passos Coelho, que liderou o PSD entre 2010 e 2018 e foi primeiro-ministro entre 2011 e 2015, juntou-se à campanha da Aliança Democrática (AD) num comício na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro.

“É a minha convicção: o resultado natural destas eleições é a vitória da AD. Eu acredito nisso”, afirmou, no fim do seu discurso, em que considerou que é preciso “capacidade reformista” e “dar uma oportunidade ao país para ser diferente”.

PUBLICIDADE

publicidade

Segundo o ex-primeiro-ministro, a vitória da AD “é a coisa mais natural do mundo”, porque “o PS não só tem hoje um vazio imenso para oferecer ao país”.

“O resultado natural, depois deste vazio que se instalou, é uma escolha na AD”, reforçou.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE