Cidade

“Passa-se muito frio aqui”: Apanhar um autocarro em Coimbra é uma aventura

Susana Brás | 2 meses atrás em 24-02-2024

As queixas e as críticas já não são de agora. Os utilizadores do cais de embarque e desembarque de passageiros, na Rua do Padrão, debaixo do viaduto do IC2, junto à rotunda da Casa do Sal, bem como a Flixbus consideram que o local não tem condições.

PUBLICIDADE

A solução pode estar para breve. O NDC contactou a empresa que afiançou que a Câmara Municipal de Coimbra lhe garantiu que “as obras estariam previstas para março”, o dia exato ainda não foi comunicado: “Temos estado em contacto com a Divisão de Planeamento e Gestão de Redes de Transportes e não temos qualquer informação sobre o início dos trabalhos nem sobre a conclusão dos mesmos”.

A empresa confirmou, esta sexta-feira, 23 de fevereiro, ao NDC, que recebe “diariamente dezenas de queixas relativamente à falta de condições da paragem da FlixBus em Coimbra”.

PUBLICIDADE

publicidade

No local, as críticas chegam na primeira pessoa. Numa tarde de muita chuva e de muito frio, onde os passageiros aguardam a chegada dos autocarros sentados no muro, o único sítio possível para descansar as pernas.

“Passa-se muito frio”,  diz Lucinda Marinho, enquanto espera pelo autocarro com destino a Paços de Ferreira.

PUBLICIDADE

A estudante de Medicina é utilizadora da Flixbus “há três anos” e adianta que “com chuva e vento as pessoas ficam encharcadas, porque não há abrigos”. A aluna salienta ainda que “faz falta casas de banho no local”.

Para António Alcântara “as condições no cais de embarque e desembarque na Rua do Padrão deviam ser melhores”. O aluno de enfermagem e natural de Braga fala da “falta de iluminação, que torna o local inseguro”.

O NDC contactou a Câmara Municipal de Coimbra que adiantou que “a solução de requalificação para o local já está aprovada”.

“Para concretizar esta requalificação, já está em curso o procedimento para o concurso de aquisição do mobiliário urbano e vai ser desenvolvido, por administração direta, o processo de construção das plataformas de acesso”, adianta a autarquia, referindo que “vão ser reorganizadas as baias de estacionamento para os autocarros e criadas umas plataformas de acesso. Vão ainda ser reabilitados os dois quiosques, onde vai ser criada uma sala de espera com instalações sanitárias e um bar, que vai ser concessionado. E vão também ser instaladas duas paragens de grandes dimensões com abrigo e colocadas papeleiras ao longo do espaço”.

O município referiu que ” o primeiro passo consistiu na formalização, a 16 de novembro, do protocolo que viabilizou a mudança das instalações do Moto Clube de Coimbra” salientando que a associação “já libertou as instalações”.

A Câmara Municipal lembra que “no espaço da Rua do Padrão trabalham, atualmente, quatro operadores”.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE