Conecte-se connosco

Eventos

Participação dos cidadãos na produção de conhecimento em Saúde estudada em Coimbra

Publicado

em

 Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) iniciou, hoje, um curso de Pesquisa-ação participativa em saúde, que está a ser frequentado por meia centena de profissionais de Portugal, Brasil, Cabo Verde e Angola.

unnamed (12)

 O grupo de formandos é maioritariamente constituído por enfermeiros ligados a projetos que envolvem populações vulneráveis (por exemplo, sem-abrigo) e que procuram saber mais sobre uma abordagem de pesquisa que, entre outros aspetos, se carateriza por um “processo democrático” e em que os resultados são transferidos para a comunidade de forma imediata.

Como é a participação dos cidadãos na produção de conhecimento? Podem as pessoas melhorar o conhecimento sobre os problemas que mais afetam as populações, em particular aquelas que evidenciam desigualdades no acesso à saúde?

Estas são algumas perguntas de partida para uma formação de quatro dias (termina quinta-feira, dia 12 de fevereiro), que foi desenvolvida pela International Collaboration for Participatory Health Research (ICPHR) e que em Portugal tem a coordenação das professoras da ESEnfC, Irma da Silva Brito e Maria da Alegria Simões.

«A pesquisa-ação participativa em saúde é uma abordagem que enfatiza a participação dos cidadãos em todos os aspetos do processo de pesquisa, incluindo-o em todas as etapas: desde a identificação de questões de pesquisa até soluções de execução/ação», afirma a professora Irma Brito, ao notar que «a participação das partes interessadas faz aumentar a sua capacidade de efetuar mudanças nas condições sociais mais amplas que afetam a saúde e bem-estar a longo prazo».

«Vários estudos salientam a importância da participação e do envolvimento da comunidade nos serviços de saúde, sobretudo para contribuir para a melhoria do acesso, atendimento, cobertura, adesão terapêutica e eficácia», prossegue a professora da ESEnfC.

Este curso de Pesquisa-ação participativa em saúde está a ser oferecido em quatro países na língua local e haverá oportunidades para os participantes dos diferentes países compartilharem as suas experiências numa plataforma de Internet.

Além da ESEnfC (Portugal), são organizações participantes a Universidade de Northumbria de Newcastle (Reino Unido), a Universidade Católica de Ciências Aplicadas de Berlim (Alemanha) e a Universidade de Alberta (Canadá).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com