Mundo

Parlamento espanhol rejeita em definitivo candidatura de Alberto Núñez Feijóo

Notícias de Coimbra com Lusa | 9 meses atrás em 29-09-2023

O parlamento de Espanha rejeitou hoje, numa segunda e definitiva votação, a candidatura a primeiro-ministro do presidente do Partido Popular (PP, direita), Alberto Núñez Feijóo, com 177 votos contra dos 350 deputados.

PUBLICIDADE

O plenário confirmou o resultado da primeira votação, na quarta-feira, quando a candidatura de Feijóo teve 178 votos contra e 172 a favor.

Desta vez, Feijóo teve menos um voto contra por ter sido considerado nulo o voto de um deputado do partido separatista Juntos pela Catalunha (JxCat).

PUBLICIDADE

Além dos 137 deputados do PP, votaram a favor da investidura de Feijóo como primeiro-ministro os 33 parlamentares do VOX (extrema-direita) e os dois dos partidos regionais Coligação Canária e União do Povo Navarro (UPN).

Todos os restantes partidos (de esquerda, nacionalistas e independentistas da Galiza, Catalunha e País Basco) votaram contra e não houve qualquer abstenção.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O PP foi o partido mais votado nas eleições de 23 de julho e o Rei de Espanha, Felipe VI, indicou Feijóo como candidato a primeiro-ministro, com a investidura a ter de ser votada e aprovada pelo Congresso dos Deputados.

Após o fracasso da investidura de Feijóo, o Rei deverá indicar um novo candidato a primeiro-ministro, com o socialista Pedro Sánchez a afirmar repetidamente que está disponível e que acreditar que tem condições para reunir os apoios necessários para ser reconduzido no cargo pelo parlamento.

O Congresso dos Deputados tem até 27 de novembro, dois meses após a primeira votação da candidatura de Feijóo, para eleger um novo chefe do Governo e evitar a repetição das eleições legislativas em janeiro.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE