Conecte-se connosco

Académica

Pão de Mafra empata estudantes. Já não se ouvem os carrilhões da subida! 

Publicado

em

Mafra e Académia empataram hoje a dois golos, em jogo da 32.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, num encontro em que os saloios dominaram no primeiro tempo e os estudantes controlaram no segundo.

O Mafra adiantou-se no marcador aos 12 minutos, por Andrézinho, e aos 19 o avançado bisou. Depois de uma primeira parte dominada pela equipa de Ricardo Sousa, a Académica reagiu logo no recomeço, com Mayambela a reduzir para 2-1, aos 57 minutos, e o empate a chegar pelos pés de Bouldini, aos 66.

Com este empate, o quarto no ‘reinado’ de Ricardo Sousa, que ainda não venceu no comando dos ‘saloios’, o Mafra faz 37 pontos e, no 11.º lugar da classificação, garante a permanência na II Liga. Já a Académica vê neste empate um resultado menos positivo, ficando mais difícil a luta pela subida à I Liga.

Os ‘estudantes’, na quarta posição, somam agora 56 pontos e podem perder terreno para o Arouca, que tem os mesmos pontos e este domingo recebe o Casa Pia, enquanto o Feirense, que venceu hoje, subiu à condição a terceiro com 58.

A primeira parte em Mafra foi animada e sempre com futebol de ataque. A equipa de Ricardo Sousa entrou algo temerosa, a Académica assumiu a iniciativa de jogo nos primeiros minutos, mas foi o Mafra a inaugurar o marcador à passagem do minuto 12.

Depois de um remate de Rodrigo Martins em zona central, a bola sobrou para Nuno Campo no flanco direito e o lateral colocou com precisão em Andrézinho, que na pequena área só teve de encostar.

O avançado mafrense tomou-lhe o gosto e aos 19 repetiu a dose, depois de mais uma distração da defesa da Briosa. Os ‘estudantes’ perderam a bola na saída para o ataque, Mimito falhou o corte em ‘carrinho’ e o avançado encarou a baliza e bateu no poste mais distante, sem hipótese para Mika.

Os dois golos de rajada abateram o ânimo da equipa de Rui Borges, ainda a lutar pela subida à I Liga, e só aos 39 o golo esteve perto de acontecer na baliza do Mafra. Após um canto, João Miguel cortou de ‘bicicleta’ em cima da linha de golo e, na recarga, Godinho voou e com uma ‘sapatada’ voltou a negar o golo da equipa de Coimbra, desta feita a Bouldini.

O Mafra reagiu de imediato e Mika não quis ficar atrás de Godinho no prémio de defesa da tarde. João Graça rodou na área, atirou para um golo cantado, mas o guardião voou e com a ponta dos dedos cedeu canto.

A segunda parte abriu com uma boa oportunidade para a Académica, mas Godinho voltou a ser mais forte do que Bouldini. Sanca, acabado de entrar, cruzou para o miolo da área, o avançado cabeceou de cima para baixo, mas Godinho foi rápido a reagir e impediu os estudantes de reduzir a desvantagem.

Aos 57 minutos, os estudantes chegaram mesmo ao 2-1. Numa jogada de insistência pela direita do ataque, e depois da defesa do Mafra ter conseguido afastar a primeira vaga, Fabinho voltou a cruzar e Mayambela atirou ao ângulo.

Dois minutos depois, Zé Castro podia ter empatado. Após uma bola parada, na pequena área e só com Godinho pela frente, o central atirou por cima da barra quando o empate parecia certo.

Aos 66, a Académica marcou mesmo e empatou o encontro. Bruno Teles saiu da defesa com a bola controlada, meteu na direita em Traquina, o extremo cruzou ao primeiro poste e Bouldini desta feita conseguiu enganar Godinho, com um remate que entrou junto ao poste mafrense.

A igualdade podia ter durado pouco, porque aos 68 minutos Fábio Melo apitou grande penalidade favorável ao Mafra, mas Camará desperdiçou, com Mika a brilhar e adivinhar o lado onde o avançado queria meter a bola.

Os últimos dez minutos de jogo foram totalmente dominados pela Académica e o Mafra sofreu para segurar o empate. Na melhor ocasião que teve para desfazer o empate, Sanca ‘esbarrou’ contra Godinho, que com uma segunda parte de luxo contribuiu decisivamente para mais um ponto conquistado pela formação do Oeste.

Jogo no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra – Académica, 2-2.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Andrézinho, 12 minutos.

2-0, Andrézinho, 19.

2-1, Mayambela, 57.

2-2, Bouldini, 66.

Equipas:

– Mafra: Godinho, João Miguel, Ismael (Fidelis Irhene, 89), Pedro Barcelos, Gui Ferreira (Bruno, 81), Cuca, João Graça (Carlos Daniel, 70), Andrézinho (Kaká, 81), Campos, Camará e Rodrigo Martins (Okitojandjo, 89).

(Suplentes: Filipe Neves, Bruno, Fidelis Irhene, Okitokandjo, Kaká, Lee, Carlos Daniel, Tomás Domingos e Miguel Lourenço.)

Treinador: Ricardo Sousa.

 

– Académica: Mika, Fabiano, Zé Castro, Rafael Vieira, Bruno Teles (Fábio Vianna, 81), Fabinho (Sanca, 46), Dias, Traquina, Mayambela (Guima, 80), Bouldini e Mimito.

(Suplentes: Stojkovic, Silvério, Dani, Sanca, Fábio Vianna, Diogo Pereira, Mike, Chaby e Guima).

Treinador: Rui Borges.

Árbitro: Fábio Melo (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para. Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Mimito (53), Cuca (61), Dias (62), Bruno Teles (67), Camará (67), Zé Castro (73), Gui Ferreira (73) e Guima (76).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com