Conecte-se connosco

Política

PAN diz que “a ideia é que Coimbra não seja um inferno” (com vídeo)

Publicado

em

O PAN – Pessoas, Animais e Natureza quer ligar todas as capitais de distrito pela ferrovia e uma aposta na mobilidade suave e acessível aos cidadãos. Esta foi uma das ideias centrais apresentadas pelo cabeça da lista candidata às próximas eleições legislativas pelo círculo eleitoral de Coimbra, hoje em entrevista ao Notícias de Coimbra.

João Fontes da Costa, que escolheu como cenário da entrevista o Miradouro do Vale do Inverno, garante que “a ideia é que Coimbra não seja um inferno”, criticando “as políticas erradas que alguns irresponsáveis políticos” que foram retirando à cidade “a sua centralidade”. O docente do Ensino Superior sustenta que o PAN conseguirá “corrigir essas políticas, com a presença no Parlamento e visão ecocêntrica”.

“A saúde é uma das preocupações principais”, afirmou o conimbricense, de 47 anos, defendendo a criação de unidades de saúde familiar em todos os concelhos do distrito e “a devolução da dignidade” ao Hospital dos Covões fazendo dele “um hospital de ambulatório”.

Uma aposta clara na ferrovia, com a ligação entre capitais de distrito, sem questionar o projeto do Metro Mondego e com um “passe que sirva para todos os meios de transporte” é também uma bandeira do PAN.

Preocupações ambientais, como a erosão da linha costeira, nomeadamente na Figueira da Foz e em Mira, e com a política animal, onde o PAN preconiza, entre outras medidas, a criação de uma rede de hospitais veterinários públicos, são também temas no topo da lista de João Fontes da Costa

Veja o direto NDC com a entrevista na íntegra gravada em direto no Miradouro do Vale do Inferno: 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link