Conecte-se connosco

Região

Pampilhosa da Serra isenta esplanadas de taxas até final do ano

Publicado

em

O município de Pampilhosa da Serra aprovou, na última reunião do executivo, a isenção do pagamento de taxas de utilização do espaço público para esplanadas de estabelecimentos até final de 2021.

Para mitigar os efeitos negativos provocados pela covid-19, e apoiar este setor “fustigado pela pandemia, sobretudo fruto da quebra de receitas e do absentismo laboral”, o município aprovou por unanimidade a isenção de taxas para esplanadas.

A partir do dia 05 de abril, no âmbito da nova fase do plano de desconfinamento poderão abrir esplanadas, com um limite máximo de quatro pessoas por mesa.

Na mesma reunião, também foi aprovada, adianta a Câmara, uma quantia superior a 260 mil euros destinada à “atribuição de subsídios a associações e instituições concelhias que intervêm nos domínios cultural, social e da proteção civil”.

Até dia 26 de março, a Linha de Emergência Municipal, que havia sido reativada em dezembro, registou “um total de 46 atendimentos, que resultaram em 45 entregas”, refere na mesma nota aquele município do interior do distrito de Coimbra.

Relativamente à distribuição de refeições escolares em regime cabaz, a alunos com escalão A e B (da Ação Social Escolar), foram entregues 324 cabazes, desde 08 de fevereiro.

Neste momento, estão ativos os empréstimos de 58 computadores portáteis, cinco ‘webcams’, quatro micros e cinco ‘hotspots’ de banda larga, equipamentos que o município disponibilizou para o apoio ao ensino não presencial.

A pandemia de covid-19 provocou em Portugal, 16.845 mortos dos 821.104 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link